O uso da melatonina no combate à insônia

(DINO - 09 mar, 2017) - O sono e sua qualidade têm relação direta com diferentes aspectos da saúde. É sabido, por exemplo, que o corpo só consegue executar determinadas atividades que não pôde fazer durante o dia quando está descansado.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

09 de março de 2017 | 18h28

A partir da revisão de 320 pesquisas, a Fundação Nacional do Sono, dos Estados Unidos, recomenda que adultos com idade entre 18 e 64 anos devem dormir de 7 a 9 horas de sono diariamente para ficar com a saúde em dia. Pessoas com "distúrbios do sono" que não conseguem dormir esse tempo mínimo, geralmente começam o dia já se sentindo cansadas, têm problemas de humor, falta de energia e sofrem com mau desempenho no trabalho ou nos estudos.

Além de disposição, boas horas de sono interferem na nossa saúde.

Pessoas que não dormem bem, normalmente sentem cansaço, falta de foco, baixo rendimento, irritabilidade e estresse, sintomas primários da privação de sono ou de horas mal dormidas. Os efeitos secundários ligados à baixa qualidade de sono são, por exemplo, aumento de peso, dores de cabeça, e deficiência na produção de hormônios importantes para a saúde.

Então o que fazer quando as noites de sono não estão boas? Qual é o segredo para dormir bem? Essas são perguntas que mais da metade da população mundial se faz quase todas as noites... Não existe uma resposta certa e definitiva, mas existem diversas atitudes que podem melhorar a qualidade do sono:

Meditação

A meditação é uma poderosa ferramenta para dormir bem. Existem várias técnicas de meditação que ajudam a relaxar, aquietar a mente e facilitar o sono. Sempre de olhos fechados tente respirar lentamente esvaziando o pensamento e relaxando o corpo.

Exercícios de respiração e relaxamento também ajudam a dormir.

O médico americano Andrew Weil criou um método que com um simples exercício respiratório por pouco mais de um minuto, qualquer um pode dormir melhor. Segundo o médico, a Técnica do 4-7-8 garante um sono profundo e relaxado. Sentado, com as costas eretas, duas vezes por dia, de seis a oito semanas, até que se domine a técnica.

Passo a passo como funciona a técnica:

Expire pela boca completamente deixando todo o ar sair

Feche a boca e inspire silenciosamente pelo nariz contando até 4

Pare a respiração, mantenha o ar nos pulmões e conte mentalmente até 7

Expire completamente pela boca contando até 8

Faça de novo mais 3 vezes o mesmo processo.

Uso de suplementos alimentares ? a melatonina no combate a insônia

Quem sofre de insônia já deve ter ouvido falar na melatonina, um suplemento alimentar que é vendido nas prateleiras de supermercados e farmácias no exterior, mas que no Brasil só começou a ser comercializado no fim do ano passado após uma decisão da Justiça que liberou o uso da substância

A melatonina é um hormônio produzido pelo corpo que regula o ritmo biológico. Quando chega a noite, ela "avisa" que já é hora de relaxar, tornando a digestão mais lenta e diminuindo a temperatura corporal e a pressão sanguínea.

O problema é que algumas pessoas não conseguem produzir a substância normalmente e passam a ter insônia. Nesses casos, o uso da melatonina é recomendado.

A suplementação com a melatonina induz ao sono e ajuda a melhorar a qualidade do mesmo, fazendo com que você durma bem ao longo da noite e acorde disposto no dia seguinte, garantindo uma melhor qualidade de vida.

Por se assemelhar com um hormônio produzido em nosso corpo, a melatonina não causa efeito colateral desde que seja consumido de forma adequada.

pode ser ingerida em forma de suplementos produzidos sinteticamente em laboratório, além de alimentos que aumentam a produção de melatonina como abacaxi, banana, aveia, aspargo, nozes, cebola, tomate e cevada. Entretanto, o consumo desses alimentos significaria o aumento de 0,01mg na produção de melatonina. A dose recomendada para quem tem leves ou moderadas dificuldades em ter um sono de qualidade, a dose recomendada de melatonina é 3,00mg . Ou seja, para a "melatonina natural" fazer efeito, seria preciso comer cerca de 120 tomates ou 14 kg de aveia, o que tornaria inviável.

Os suplementos de melatonina ainda são bem difíceis de serem encontrados no Brasil, entretanto, alguns sites especializados vendem o produto. Por ser um suplemento que interfere na saúde, é fundamental saber a procedência. Produtos como esse exigem cuidado de armazenamento, procedência e segurança.

Site relacionado: www.playsuplementos.com.br http://playsuplementos.com.br/

Website: http://playsuplementos.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.