Oi TV é o serviço de assinatura que não pare de crescer

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 12h46

Valinhos, SP--(DINO - 15 mar, 2017) - O cenário de distribuição de sinal de TV pago no Brasil vem sofrendo um retrocesso. Além do cenário de recessão geral, tal fato vem sendo atribuído principalmente aos serviços de streaming pagos e gratuitos existentes no mercado. Essa condição gera até mesmo polêmicas acerca da restrição de pacotes de internet e novas taxas para esses serviços. Entretanto, enquanto as operadoras de TV brigam para tentar achar o culpado de seus recuos, a Oi TV mostra para todos eles a realidade pode ser diferente. A operadora é a única que continua mantendo crescimento e não para de investir, querendo muito mais.

Já no começo de 2017, a Oi TV fechou o primeiro mês com mais de 1 milhão de assinantes. A empresa divulgou nota em ritmo de comemoração, já que o crescimento anual chega a 12%. Esses números são resultados de diferentes decisões que a empresa tomou, se diferenciando das operadoras convencionais e provando que é possível se manter competitivo oferecendo soluções atraentes para os clientes.

Entre essas iniciativas diferentes estão alguns pacotes de serviço que a Oi TV oferece, que mostram vantagens significativas para seus assinantes. Um dos maiores sucessos da empresa é o chamado Oi Total, um serviço que une todos os serviços do cliente em apenas um: telefonia móvel, internet banda larga, TV por assinatura e telefonia fixa. Tudo isso através de uma única conta e também atendimento integrado.

Outro serviço que também se mostra vantajoso para o cliente é o Oi TV Livre HD. Um serviço que oferece canais digitais sem qualquer custo mensal para o usuário. Ele faz a aquisição dos aparelhos necessários para o produto funcionar e recebe todo o serviço de conteúdo sem qualquer taxa, recebendo ainda benefícios de degustação para conhecer os outros planos. Para a obtenção deste serviço, a Elsys, referência nacional em telecom e eletroeletrônicos, oferece tanto os produtos avulsos como kits vantajosos para quem deseja conhecer a opção.

E além desses serviços, a Oi TV é a operadora que mais possui canais em HD (High Definition) no mercado, possibilitando que seus clientes tenha a maior variedade de conteúdo em alta resolução no Brasil. Com todas essas vantagens, a Oi TV permanece longe da crise no segmento.

Sobre a loja

Há 27 anos no seguimento de eletroeletrônicos e telecom, a Elsys diferenciou o mercado de receptores via satélite com soluções inovadoras em recepção de sinal de TV em todo o Brasil.

Com melhor desempenho e funções exclusivas os equipamentos Elsys garantem melhor alcance, qualidade e estabilidade de sinal. A facilidade na instalação, simplicidade nas operações e alta durabilidade também são características marcantes nos produtos Elsys.

Com a missão de ir além das necessidades dos clientes, a Elsys possui valores muito sólidos que a consolidou como uma das líderes no seguimento de receptores analógicos, digitais e HD via satélite seja em sistema de Banda C (com parcerias estratégicas com a Rede Globo) ou através de TV por assinatura em banda KU (ao lado da operadora OI TV). A empresa tem também no seguimento de Telecom um dos seus braços fortes no mercado.

Uma rede credenciada com mais de 25.000 pontos e reconhecida nacionalmente em qualidade de atendimento e suporte ao cliente é responsável pela comercialização de toda a linha de produtos por todo o Brasil.

O ramo de B2B também faz parte dos negócios da Elsys com a fabricação de placas e produtos eletrônicos de linhas branca e marrom que atende às principais empresas principais líderes desse seguimento.

A Elsys cresce e se reinventa a cada momento, sempre com foco na inovação, qualidade total, melhoria contínua e no encantamento de seus clientes.

Endereço:

Rua Doutor Alcides Gomes de Miranda, 251 - Bairro Vila Pagano - Valinhos / SP - Brasil - Cep 13277-900

Website: http://loja.elsys.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.