Para ler e recordar: 30 anos do SEPRORGS são contados em livro

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

26 Dezembro 2016 | 12h23

(DINO - 26 dez, 2016) - O SEPRORGS, plataforma de negócios e representatividade para as empresas de TI do Rio Grande do Sul, lançou o livrorreportagem que documenta os 30 anos da entidade. A publicação "SEPRORGS ? plataforma de apoio aos negócios da era digital", conta com depoimentos e participações de personagens que fizeram parte desta história. O evento foi realizado durante a confraternização de final de ano, no Porto Alegre Country Club.

A Confraternização de final de ano do SEPRORGS reuniu dezenas de convidados para brindar ao término de um ano muito difícil para economia brasileira. Com a presença de autoridades, diretoria e equipe do SEPRORGS, dirigentes de entidades parceiras, imprensa e outros convidados, foram exaltados as conquistas e a união da atual diretoria, engajada como um time na constante busca pela missão de promover todos os agentes do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

"Tivemos um dos anos mais complicados para economia, mas, mesmo assim, o setor provou sua resiliência e sairemos deste conturbado cenário mais fortes do que nunca. Acreditamos que 2017 será melhor para os negócios e estaremos preparados", afirma Diogo Rossato, presidente do SEPRORGS.

A noite também foi de lançamento. Escrito pelas jornalistas Patrícia Knebel e Patricia Comunello e com direção executiva da empresa Estúdio Editorial (www.estudioeditorial.com.br), especializada em produção de conteúdo multiplataforma, o livro traça uma linha temporal das ações do SEPRORGS ao longo dos seus 30 anos de história.

A apuração passou pelo resgate histórico dos 30 anos do SEPRORGS. As autoras conversaram com os personagens que estiveram presentes no momento da criação da entidade, ex-presidentes e diretores que ajudaram a construir as bases da entidade e que puderem mostrar como era o cenário econômico e tecnológico da época. Segundo Patrícia Knebel, durante a jornada de produção, foi possível acompanhar o amadurecimento e o fortalecimento da entidade até chegar aos dias de hoje.

Em uma concorrida noite de autógrafos, as jornalistas Patrícia Knebel e Patrícia Comunello, falaram sobre o processo de criação da obra, que contou com uma profunda imersão na história do SEPRORGS.

"Buscamos contextualizar todo o desenvolvimento da entidade e entender os porquês das decisões e a transformação em uma plataforma de negócios voltada ao fomento do setor de TI. A trajetória do SEPRORGS é marcada fortemente pela dedicação e influência dos seus gestores, que ajudaram a imprimir um ritmo empresarial com bases muito sólidas de gestão", explica Patrícia Knebel. "A publicação nasceu com essas duas inspirações: contar o passado, mas sem descuidar do agora e do amanhã, que é ainda mais dinâmico pois se trata de um segmento plugado em mudanças", revela Patrícia Comunello.

Para Donald Reis, vice-presidente da entidade, e um dos principais responsáveis pelo projeto, foi marcante conversar com pessoas que fizeram parte da história do SEPRORGS.

"É fundamental que registremos toda a nossa trajetória e como chegamos até o patamar que estamos hoje. Foi muito legal reunir os depoimentos de praticamente todos os presidentes que passaram pelo SEPRORGS, relembrar momentos e reencontrar pessoas que são muito importantes para todo o setor de TI", afirma Reis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.