Perfuração direcional horizontal é ideal para construção de dutos

Atibaia - SP--(DINO - 14 fev, 2017) - A Perfuração direcional horizontal é a tecnologia mais eficiente para travessias e assentamento de tubulações sob ruas, avenidas, calçadas, rodovias, ferrovias, rios, lagos, brejos ou construções. A principal vantagem dessa técnica de perfuração é a ausência da necessidade de abertura de valas para a execução de obras, dessa característica surge o nome de Método não Destrutivo ? MND . Apesar de o conhecimento sobre o método estar bem disseminado, muitos ainda não compreendem como funciona esta perfuração e porque ela é tão vantajosa. O processo do MND pode ser dividido em três etapas:

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

14 de fevereiro de 2017 | 16h40

1ª Fase: Perfuração (Furo Piloto)

Para realização desta etapa, um sensor é instalado na cabeça da broca (walk-over) para garantir a esta uma perfeita navegação. Este sensor utiliza a gravidade e o campo magnético do solo para interpretar as coordenadas do trajeto, enviando sinais a cabine de controle, que através de um programa especial decifra os dados de navegação. Para longas distâncias, diversas hastes são acopladas na perfuratriz até atingirem o destino determinado no projeto.

Com toda esta tecnologia, a perfuração é concluída com grande precisão, favorecendo projetos de redes de esgotos, gás natural e derivados de petróleo em locais de difícil passagem como rios, montanhas, e solos rochosos.

2ª Fase: Alargamento (Limpeza do furo)

Após a conclusão da perfuração, a broca e o sensor são substituídos por um alargador. Este objeto será o responsável por aumentar o furo até o diâmetro projetado, para concluir esta etapa podem ser necessárias várias fases de alargamento. O tipo de alargador utilizado depende do solo em que será executada a obra, podendo variar entre tambor, cortadores ou tricônicos (hole opener).

A estabilidade do solo dentro do túnel é garantida pela utilização do fluído de perfuração que também atua como uma espécie de reboco, diminui o atrito e contribui para a limpeza do furo.

3ª Fase: Instalação do produto (Duto)

Com o microtúnel do tamanho adequado, os dutos são instalados. Para evitar o atrito e possíveis danos aos dutos, os produtos recebem roletes em toda a sua extensão.

De acordo com Douglas Remondini, proprietário da DRC Perfuração Direcional , a tecnologia utilizada em todas as etapas da Perfuração Direcional Horizontal é capaz de reduzir os transtornos relacionados às obras aos menores possíveis. " Obras com o método não destrutivo não atrapalham o cotidiano de quem vive ao redor da obra, não gera trânsito desnecessário e o mais importante, não causa danos ao meio ambiente", afirma.

Website: http://www.drcnet.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.