Pesquisa revela importância atribuida pelos consumidores aos produtos de beleza, comenta Lafis

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por PR NEWSWIRE

15 de março de 2017 | 14h46

Pesquisa revela importância atribuida pelos consumidores aos produtos de beleza, comenta Lafis

PR Newswire

SÃO PAULO, 15 de março de 2017 /PRNewswire/ -- Em pesquisa recente do SPC Brasil em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas em todo o Brasil, foi observado que o brasileiro valoriza bastante os cuidados com a beleza e higiene pessoal. De acordo com os resultados, 7 em cada 10 pessoas acreditam que as despesas com artigos de beleza são essenciais e não luxo.

Os dados mostram que, independente do poder aquisitivo, o brasileiro valoriza muito a questão da "beleza" e os impactos que ela pode ter na vida. Para se ter ideia, em média 53% concordam que pessoas bonitas tem maiores chances de obter boas oportunidades na vida. Além disso, 75% acreditam que pessoas bem cuidadas aparentam ser profissionais melhores. De modo geral, os resultados apontaram que boa aparência tem maior impacto no sucesso profissional de uma pessoa (32,1% da população concordam com isso) do que a própria inteligência (28,9%) ou disciplina (23,4%).

Diante desses resultados, a perspectiva para o setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) são promissoras, uma vez que mais da metade da população brasileira (57,4%) diz acreditar no poder dos produtos do setor para modificar ou melhorar a aparência das pessoas. Cabe as empresas do segmento alinharem-se com tais expectativas e reavaliar seus modelos de negócios, visando redução de custos ? para acompanhar as modificações no perfil de compra causadas pela crise econômica em que o país se encontra ? e buscar uma nova dinâmica de mercado focada nas necessidades do consumidor no curto e longo prazo.

Analista Responsável: Robson Poleto

Mais informações:

Lafis Consultoria ? www.lafis.com.br

Guilherme Pombo ? guilherme.pombo@lafis.com.br (11 3257-2952)

FONTE Lafis


Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.