PoE ? Power Over Ethernet ? IEEE802.3 ou Passivo?

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 04h53

Curitiba, Paraná --(DINO - 06 mar, 2017) - PoE, alimentação de dispositivos através do cabo de rede, uma maravilha da tecnologia pois dispensa uma tomada de energia ao lado de cada periférico. Imagine então no caso de câmeras que costumam ficar elevadas ou até mesmo no teto. Como prever que você precisaria de tomadas nestes locais?

A alimentação PoE pode ser de dois tipos. O primeiro tipo não há negociação com o dispositivo a ser alimentado, o segundo sim, há negociação.

No caso do primeiro ele é chamada de PoE passivo, normalmente utiliza-se 24V e não há uma convenção de qual dos quatro pares do cabo de rede será utilizado para levar energia até o periférico.

A segunda forma é regulamentada pelo IEEE (Instituto de Engenheiros de Elétrica e Eletrônica). São três possíveis normas:

1) IEEE 802.3af ? Prevê potência máxima de 15W

2) IEEE 802.3at ? Prevê potência máxima de 30W

3) IEEE 802.3bt ? Prevê potência máxima a partir de 60W.

Utiliza todos os pares do cabo de rede.

Esta negociação é bastante complexa passando por uma etapa analógica e depois outra digital. Se todas as etapas não se completarem a alimentação não é liberada.

Mas enfim quais as vantagens e desvantagens de cada uma?

O PoE passivo é mais barato por sua simplicidade mas se você vier a ligá-lo em um equipamento não PoE ou ainda, tensão de alimentação menor do que a liberada por ele com certeza vai danificar o seu periférico.

O PoE normatizado pela IEEE é mais caro por motivos óbvios e nunca vai danificar um periférico. Você pode até mesmo ligá-lo no seu notebook, a parte de dados funcionará normalmente.

Website: http://planet.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.