Por que a calvície atinge mais de 40% das Mulheres no Mundo?

São Paulo--(DINO - 10 fev, 2017) - A busca pela saúde dos cabelos é algo presente na vida das mulheres praticamente todos os dias. Ter cabelos com aspecto macio, leve e com brilho. Mas nenhuma delas está sujeita a perder alguns fios de cabelo, logo após a interrupção do crescimento , que acaba por levar à queda. A forma mais comum de perda de cabelo entre as mulheres é a queda difusa, que afeta todo o couro cabeludo. A queda de cabelo difusa ocorre quando a raiz do cabelo já não cumpre sua função natural por estar privada de elementos fundamentais para os processos metabólicos. A raiz diminui e a fase de crescimento do cabelo se reduz.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

10 de fevereiro de 2017 | 13h16

Sabe-se que a calvície também atinge mais de 40% das mulheres, a alopecia feminina pode se manifestar em três níveis. No primeiro grau, observa-se uma leve rarefação na risca no centro do couro cabeludo. No segundo, o grau intermediário, já é possível visualizar o couro cabeludo. No terceiro, o couro já fica bem mais evidente. Segundo a Academia Americana de Dermatologia, a calvície assola 2 bilhões de pessoas em todo o mundo.

Em outros casos, a queda é hereditária; em outros, ela é deflagrada pelo estresse, por dietas não balanceadas ou doenças. A única coisa que elas têm em comum é o resultado: a perda de cabelo. Outra forma é a queda de cabelo em forma de círculo (alopecia areata), que produz áreas isoladas de calvície claramente delimitadas.

Quer saber mais, clique no link abaixo:

http://blog.verdesaude.com.br/porque-calvicie-atinge-mais-de-40-das-mulheres-no-mundo/

Website: http://blog.verdesaude.com.br/porque-calvicie-atinge-mais-de-40-das-mulheres-no-mundo/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.