Preparação para o Carnaval 2017: programa ensina como secar a barriga e ganhar massa muscular em 1 mês

(DINO - 27 jan, 2017) - Um programa de fortalecimento muscular vem chamando a atenção de perfis fitness. Estamos falando do Desafio Vip 60 (http://desafiovip60.com.br).

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

27 de janeiro de 2017 | 09h42

Criado pela atleta Cristiane Senna, o programa tem duração de 60 dias e foi desenvolvido em módulos, cada um com um objetivo e intensidade diferente.

No total, são 4 módulos mais 2 de bônus. Esses focam na redução da gordura abdominal e no fortalecimento dos glúteos e perda de culote. Junto com os bônus, o cliente ainda ganha guias para uma reeducação alimentar saudável.

O primeiro módulo foca no condicionamento físico. Ele serve para preparar a pessoa para os módulos seguintes. Aí, cada um tem exercícios próprios e, a cada módulo, a intensidade vai aumentando. O último é o mais avançado e para chegar a ele, é preciso ter feito os iniciais antes, caso contrário, a pessoa não aguentará nem os três primeiros minutos de aula.

As videoaulas são de apenas 12 minutos. Assim, o programa é recomendado para pessoas que não têm tempo para praticar atividades físicas, mas que conseguiriam encaixar 12 minutinhos de exercício entre uma atividade e outra.

Quem viaja muito a trabalho também está na lista do público-alvo, já que as aulas rodam em aparelhos móveis, como tablets e celulares, permitindo a prática em qualquer lugar, ainda que se tenha pouco espaço. São necessários apenas 2 metros quadrados por pessoa para realizar os exercícios diários.

Dentre as principais vantagens do Desafio Vip 60, destacam-se o ganho de tempo com o fim do deslocamento (e do trânsito!) e os resultados rápidos. Segundo Senna, os movimentos são intensos. Por isso, os resultados aparecem ainda no primeiro mês de prática.

Clientes de Senna garantem perda de até 7 kg por mês apenas com a rotina diária de exercícios.

Como incluir os exercícios na rotina

Para incluir as videoaulas do Desafio Vip 60 em sua rotina, é recomendado escolher um horário para praticar todos os dias. Tente seguir esse horário, até que ele se torne automático. "Quando o programa acabar, você até sentirá falta dos exercícios", diz Senna.

Se você prefere praticar exercícios sempre com amigos, chame um amigo para fazer as aulas com você. Assim, um dá força para o outro e a atividade se torna mais divertida.

Defina metas possíveis e foque nelas. Não adianta definir uma meta muito grande e desanimar no primeiro obstáculo. Que tal começar com uma meta até o Carnaval 2017 e depois aumentar até o próximo feriado? Pegue leve com o seu corpo e verá que os resultados aparecem antes do que imaginava.

Alimente-se bem e de maneira saudável. Evite comer frituras e açúcares para que os resultados sejam ainda melhores. Aproveite o brinde que ganhará com a compra do programa para aprender a se alimentar bem, incluindo as refeições para antes e depois do treino, que são superimportantes. Tome também bastante água e sucos de frutas sem açúcar.

Seu emocional também é importante no processo do emagrecimento. Por isso, mantenha-se feliz nos 60 dias de programa ? e depois também, claro! Saia com os amigos, namore, faça atividades que te agradem, como um cinema, uma caminhada no parque ou até uma viagem para relaxar. Mas não se esqueça de levar o celular para praticar seus 12 minutinhos de exercícios, ok?

Procure ter uma rotina de sono também, com pelo menos oito horas de sono por noite. E sem celular no quarto ou televisão ligada. Acredite: isso fará toda a diferença na qualidade do seu sono e em sua disposição durante o dia.

O Desafio Vip 60 está disponível no site http://desafiovip60.com.br e a criadora do programa, Cris Senna, garante resultados positivos em 60 dias. Caso você não fique feliz com o programa, poderá pedir seu dinheiro de volta. Canal para dúvidas: Whatsapp (31) 98912-1045.

Website: http://desafiovip60.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.