Presença virtual: Quando a tecnologia aproxima as pessoas

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

20 de dezembro de 2016 | 14h02

São Paulo, SP--(DINO - 20 dez, 2016) - Nem todo mundo pode curtir as noites de Natal e Ano Novo em casa, ao lado da família e de amigos. No entanto, para alguns profissionais, essa comemoração tem que ser adiada em virtude do seu trabalho que não para nem mesmo nestas datas tão especiais.

Como é o caso da publicitária Carine Ferreira, ela trabalha ela trabalha nos EUA a 12 anos e conta que o Natal ganhou um sentido diferente. Porque para ela, assim como para outros companheiros de equipe, é difícil ficar longe dos familiares, mas a união dos colegas estrangeiros transforma o local de trabalho em segundo lar.

Do outro lado, a família de Carine lamenta a falta dela. "Eles reclamam quando eu digo que vou ficar. Aqui nos EUA as férias não são na época de Natal , nem sempre consigo liberação para ir até o Brasil, no máximo ficamos de folga nos dias 24 e 25, então não é todos os anos que consigo estar com a minha família, mas consigo estar "presente" virtualmente para me sentir melhor", lamenta-se.

Com o avanço tecnológico, a troca de mensagens ampliou as maneiras de se fazer presente mesmo que a distância não permita. Hoje as mensagens instantâneas e por vídeo pode acontecer em segundos.

Ferramentas como Facebook, Instagram, Messenger, WhatsApp, Snapchat estão cada dia com mais recursos e isso facilita muito quem está longe da família em datas como o Natal.

Website: http://www.muitochique.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.