Primeiro sistema de certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas já está aberto

São Paulo - SP--(DINO - 14 fev, 2017) - Um único erro num ambiente de trabalho com atmosfera explosiva, como refinarias e petroquímicas, pode provocar a perda de muitas vidas além de terríveis impactos ambientais. É fácil entender o porquê. Imagine colocar um equipamento elétrico em operação num local tomado por gás inflamável ou poeira combustível. Qualquer faísca será sinal de preocupação. Além de Equipamentos de Proteção Individual ( EPI"s) e inspeção industrial constante, o que mais pode ser feito para minimizar ao máximo esse risco? Qualificar profissionais que trabalham em ambientes assim é uma excelente estratégia nesse sentido. Por isso, a Abendi (Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção), em parceria com a ABPEx ( Associação Brasileira de Prevenção de Explosão) criou o processo de certificação para quem trabalha nessas condições.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

14 de fevereiro de 2017 | 15h10

As diretrizes e os requisitos para a qualificação e certificação estão descritos na NA-017, norma Abendi baseada em uma sistemática internacional que considera 11 Unidades de Competências em Atmosferas Explosivas, abrangendo as diversas atividades realizadas em áreas consideradas sujeitas a explosão.

Isso quer dizer que, a partir de agora, todas as pessoas que trabalham na área podem ser qualificadas, independentemente da função exercida (conheça os tipos de ocupação no quadro abaixo).

Para exemplificar, o consultor técnico da Abendi, Hélio Rodrigues, afirma que a Unidade de Competência Ex001 é a que envolve o trabalho da maioria dos profissionais que estão no segmento. "Esse é um pré-requisito que será exigido no processo de certificação de várias outras Unidades de Competência, tais como a Ex003, aplicável à Instalação de Equipamentos com Tipos de Proteção Ex e os respectivos sistemas de fiação, e a Ex004, que aborda a Manutenção de Equipamentos em Atmosferas Explosivas.

De forma geral, esse sistema de certificação surgiu depois que empresas com instalações elétricas e mecânicas, de instrumentação, automação e telecomunicações instaladas em indústrias petroquímicas e de alimentos, em plataformas de petróleo, em usinas de açúcar e álcool mostraram interesse em qualificar e certificar seus empregados. Entretanto, só é possível garantir os padrões de segurança e eficiência se os profissionais estiverem comprovadamente preparados para projetar, inspecionar, reparar, instalar e operar e auditar tais equipamentos.

O Consultor Técnico da Petrobras (Refinaria Presidente Bernardes), Roberval Bulgarelli, explica que a necessidade e o interesse pelo processo vieram do mercado, notadamente das empresas com instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas em Atmosferas Explosivas, como ocorre nos locais citados acima. "A certificação das competências de pessoas que realizam estas atividades é uma garantia de que conhecem as normas técnicas aplicáveis e também trabalham de forma correta e segura, não apenas no projeto ou na instalação desses equipamentos, mas, também, na sua manutenção, inspeção e reparo".

Unidades de Competência:

Ex 000 | Conhecimentos e percepções mínimas para adentrar em uma instalação contendo áreas classificadas;

Ex 001 | Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas;

Ex 002 | Execução de classificação de áreas;

Ex 003 | Instalação de equipamentos com tipos de proteção Ex e respectivos sistemas de fiação;

Ex 004 | Manutenção de equipamentos em Atmosferas Explosivas;

Ex 005 | Reparo e revisão de equipamentos com tipos de proteção Ex.;

Ex 006 | Ensaios de equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas;

Ex 007 | Execução de inspeções visuais e apuradas de equipamentos e instalações em Atmosferas Explosivas;

Ex 008 | Execução de inspeções detalhadas de equipamentos ou instalações elétricas em Atmosferas Explosivas;

Ex 009 | Projeto de instalações elétricas em Atmosferas Explosivas;

Ex 010 | Execução de inspeções de auditoria ou de avaliação das instalações elétricas em Atmosferas Explosivas.

Vale destacar que as onze Unidades de Competências Ex são baseadas nos requisitos das normas da Série NBR IEC 60079 - Atmosferas Explosivas, elaboradas pelo Subcomitê SC-31 do Cobei e publicadas pela ABNT.

Sobre a Abendi ? Voltada à difusão das atividades de Inspeção e Ensaios Não Destrutivos (ENDs), preservando a vida e o meio ambiente, a Abendi mantém parcerias com entidades e empresas para disseminar o uso de ENDs, técnicas indispensáveis na inspeção de materiais e equipamentos sem danificá-los, sendo executadas nas etapas de fabricação, construção, montagem e manutenção.

A Abendi também é acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, como Organismo de Certificação de Pessoal ? OPC-002, conforme a Norma ISO 17024, para a qualificação e certificação de pessoal em END, baseada nos critérios da Norma ISO 9712.

Credenciada, desde 2003, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) como Organismo de Normalização Setorial (ONS-58), para a elaboração de normas de END; e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) como instituição de Pesquisa & Desenvolvimento P&D, nas áreas de interesse da indústria petrolífera e também é acreditada pela ANP desde 2013 como Certificadora de Conteúdo Local.

A associação ainda é reconhecida como Entidade Tecnológica Setorial (ETS), pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, para a gestão tecnológica na área de END. Desde 2006, é qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), pelo Ministério da Justiça, que possibilita receber doações de empresas, dedutíveis do lucro operacional; desenvolver projetos do interesse do setor público; ações de formação e capacitação de pessoas; e a chance de receber bens apreendidos, abandonados ou disponíveis, administrados pela secretaria da Receita Federal.

Além disso, também possui acordos e convênios de cooperação técnica com instituições brasileiras e internacionais, como o BAM ? Instituto de Materiais da Alemanha.

Mais informações:

Alexandra Alves

Tel: (011) 5586-3170 / 98300-4837

Email: alexandraalves@abendi.org.br

Website: http://abendicertificadora.org.br/atmosferas_explosivas/index.html

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.