Pulse of the Profession do PMI 2017: As taxas de projetos bem-sucedidos sobem, com menos dólares desperdiçados

FILADÉLFIA, EUA--(BUSINESS WIRE-DINO - 08 fev, 2017) -

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

08 de fevereiro de 2017 | 19h10

A última pesquisa do Project Management Institute (PMI) demonstra que, pela primeira vez em cinco anos, mais projetos estão cumprindo os objetivos originais e a pretensão comercial, ao mesmo tempo que são concluídos dentro do orçamento ? e que menos projetos são considerados falhas.

Os resultados divulgados hoje no Pulse of the Profession® do PMI para 2017: As taxas de sucesso sobem: Transformando o alto custo do baixo desempenhodemonstram que no último ano, empresas do mundo inteiro reduziram 20% a quantidade média de dinheiro desperdiçado em projetos e programas em relação ao ano anterior. Especificamente, o estudo descobriu que, a nível global, as empresas desperdiçaram uma média de USD 97 milhões para cada USD 1 bilhão investido em projetos de programas em 2016, em relação a uma média de USD 122 milhões por USD 1 bilhão investido no ano anterior.1

O relatório determina que as empresas estão se tornando mais maduras com relação ao gerenciamento de projetos e vêm se destacando por:

  • Desenvolver o talento de gestão de projetos. O desenvolvimento de habilidades técnicas, de liderança e empresariais para o gerenciamento de projetos continua a atrair grande atenção. Trinta e dois por cento dos entrevistados consideram as habilidades técnicas e de liderança uma alta prioridade ? um aumento de 3% em relação do último ano.
  • Gerenciar os benefícios do projeto. Há uma atenção crescente para o gerenciamento da realização dos benefícios, que é o processo coletivo de identificar os benefícios no início de um projeto e garantir, através de ações intencionais durante a implementação, que os benefícios sejam realizados e sustentados quando o projeto terminar. Uma em cada três empresas (31%) relata alta maturidade de realização de benefícios.
  • Estabelecer Escritórios de Gerenciamento de Projetos (PMOs) e Escritórios Estratégicos de Gerenciamento de Projetos Empresariais (EPMOs). As empresas podem transpor a lacuna entre a visão e a implementação estratégica de alto nível com o escritório de gerenciamento de projetos (PMO). Entre as empresas na pesquisa que têm um PMO, metade relatam ter um escritório de gerenciamento de projetos empresariais (EPMO). E aqueles que alinham o seu EPMO à estratégia (isto é, têm um EPMO estratégico) relatam que 38% mais projetos atendem aos objetivos originais e a pretensão comercial, e 33% menos projetos são considerados falhas.
  • Motivar o patrocínio executivo. Os patrocinadores executivos ativamente empenhados continuam a ser o principal motivador de se os projetos atendem aos seus objetivos originais e pretensão comercial. Esse fato não passou despercebido para os entrevistados da pesquisa, que revelaram um aumento no percentual de projetos de suas empresas, com os patrocinadores ativamente envolvidos em relação ao ano passado - uma média de 62%, em comparação a 59%, respectivamente.
  • Realizar abordagens ágeis. As empresas adotam cada vez mais a agilidade como uma técnica para o gerenciamento de projetos. Um total de 71% das empresas relata usar, às vezes ou com mais frequência, abordagens ágeis para os seus projetos.

"Somos encorajados a ver que as empresas estão fazendo progressos significativos e tendo mais sucesso com a implementação de iniciativas estratégicas e entrega dos benefícios pretendidos do projeto", disse o presidente e diretor executivo do PMI, Mark A. Langley. "Há muito tempo defendemos que o gerenciamento de projetos é essencial para o sucesso de qualquer empresa e estamos entusiasmados que outros também estejam percebendo esse fato cada vez mais. As empresas que investem em práticas comprovadas de gerenciamento de projetos perdem 28 vezes menos dinheiro, porque mais de suas iniciativas estratégicas são concluídas com sucesso."

Dos setores incluídos no estudo, o de saúde informou o maior desperdício médio em gastos com projetos. Um desdobramento mais detalhado dos principais setores incluídos no estudo, classificados do mais alto ao mais baixo, demonstra a eficiência alcançada: Cuidados de saúde ? USD 112 milhões por USD 1 bilhão Telecomunicações ? USD 106 milhões por USD 1 bilhão Energia ? USD 101 milhões por USD 1 bilhão Manufatura ? USD 98 milhões por USD 1 bilhão Governo ? USD 97 milhões por USD 1 bilhão Serviços financeiros ? USD 97 milhões por USD 1 bilhão Construção ? USD 94 milhões por USD 1 bilhão

TI ? USD 78 milhões por USD 1 bilhão

Das regiões geográficas incluídas no estudo, alguns mercados específicos se destacam. A Índia comunicou o menor desperdício médio em projetos (USD 73 milhões por USD 1 bilhão), seguida pela China e Oriente Médio (USD 82 milhões por USD 1 bilhão). Por outro lado, a Europa informou o maior desperdício médio em despesas de projeto: USD 131 milhões por USD 1 bilhão.2

O Pulse of the Profession 2017 apresenta comentários e pontos de vista de 3.234 profissionais do mundo inteiro que representam diversos níveis de experiência e setores, incluindo governo, tecnologia da informação, telecomunicações, energia, manufatura, saúde e construção. Os totais globais do relatório representam o feedback da América do Norte, América Latina, Europa, Oriente Médio e a região da Ásia-Pacífico.

Sobre o Project Management Institute (PMI)

O Project Management Institute é uma associação profissional de membros sem fins lucrativos, líder mundial na profissão de gerenciamento de projetos, programas e portfólios. Fundado em 1969, o PMI entrega valor para mais de 2,9 milhões de profissionais que trabalham em quase todos os países do mundo através de advocacia, colaboração, educação e pesquisa global. O PMI avança carreiras, melhora o sucesso empresarial e amadurece a profissão de gerenciamento de projetos através de padrões reconhecidos globalmente, certificações, recursos, ferramentas, pesquisas acadêmicas, publicações, cursos para desenvolvimento profissional e oportunidades de networking. Como parte da família PMI, o ProjectManagement.com e o ProjectsAtWork.com criam comunidades globais on-line que disponibilizam mais recursos, melhores ferramentas, maiores redes e perspectivas mais amplas. Visite-nos em www.PMI.org, www.facebook.com/PMInstitute e no Twitter: @PMInstitute.

1 Os valores são em dólares norte-americanos, mas representam um percentual que se aplica a qualquer moeda.

2 Os valores são em dólares norte-americanos, mas representam um percentual que se aplica a qualquer moeda.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Megan.Kelly@pmi.org Fonte: BUSINESS WIRE

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.