Realizadores de mudanças: Dois em cada 5 ex-alunos trabalham hoje em um setor que nunca conside

RESTON, Virgínia, Feb. 28, 2017 (GLOBE NEWSWIRE) -- Mais da metade dos ex-alunos das escolas de pós-graduação em administração estão atualmente empregados em uma função de trabalho ou em um setor para o qual não possuíam experiência antes de ingressarem na pós-graduação, de acordo com um relatório divulgado hoje pelo Graduate Management Admission Council (GMAC), uma organização sem fins lucrativos das principais escolas de pós-graduação em administração. Os resultados da Alumni Perspectives Survey de 2017 do GMAC mostra que 2 em cada 5 (39 por cento) dos ex-alunos trabalham hoje em um setor que eles nunca consideraram antes de iniciarem a escola de administração; eles apenas souberam da oportunidade enquanto estavam matriculados no programa de pós-graduação, e 88 por cento admitiram que estão satisfeitos com seus trabalhos e empregadores.

Por Graduate Management Admission Council

28 de fevereiro de 2017 | 02h28

Uma foto que acompanha este anúncio está disponível em http://www.globenewswire.com/NewsRoom/AttachmentNg/a8271d80-418e-4452-b216-1df2a203a6ce

Ano após ano nossas pesquisa têm mostrado que uma pós-graduação em administração oferece ganhos pessoais, profissionais e financeiros significativos. Agora vemos fortes evidências do valor da graduação em relação às mudanças de carreira, disse Sangeet Chowfla, presidente e CEO do GMAC. Devido ao ritmo atual de mudança na economia e nos ambientes de trabalho, os candidatos conseguem se sentir seguros da formação para a qual uma pós-graduação em administração os prepara, com as habilidades e a flexibilidade de que necessitam, a fim de que estejam em uma melhor posição para dar uma guinada e adaptar suas carreiras quando as oportunidades se apresentarem e os setores estiverem comprometidos.

Os resultados da Alumni Perspectives Survey Report de 2017 detalham os efeitos da educação e carreira de aproximadamente 15.000 ex-alunos de pós-graduação em administração, representando 1.100 programas de pós-graduação em administração localizados em todo o mundo. O relatório destaca que a proposta de valor de um diploma de pós-graduação em administração é alto independentemente do ano de graduação ou tipo de programa.

Principais resultados

Remunerações para pós-graduados em administração

Aproximadamente todos os entrevistados da pesquisa (95 por cento) avaliam suas pós-graduações em administração com valores entre bom e excepcional. Em média, o conjunto de remuneração total para ex-alunos das escolas de pós-graduação pode chegar a valores que variam entre US$ 75.513 para um cargo de iniciante até US$ 440.122 em remunerações totais no nível de diretoria. Os ex-alunos de pós-graduação em administração ganham 76 por cento de sua remuneração total em salário base, na média. À medida que avançam na carreira, uma grande parcela de suas remunerações vem de fontes não salariais, como bônus.

Perfil de empregabilidade

Noventa e dois por cento dos entrevistados pela pesquisa estão atualmente empregados 8 em cada 10 no geral (81 por cento) em todo o mundo estão empregados em uma empresa e 11 por cento são empreendedores autônomos. Globalmente, os setores de produtos e serviços (27 por cento), tecnologia (14 por cento) e finanças e contabilidade (11 por cento) empregam a maior parcela de ex-alunos representados nessa pesquisa. Embora os ex-alunos trabalhem em diversos setores, seus tipos de graduação geralmente se diferenciam dos seus planos de carreira. Os ex-alunos de MBA têm maior propensão a trabalhar com tecnologia, instituições sem fins lucrativos e governamentais, produção, saúde, energia e serviços em comparação aos ex-alunos que possuem grau de mestrado que não seja MBA. Os ex-alunos de mestrado em administração, por exemplo, têm mais probabilidade de encontrar emprego nos setores de finanças, contabilidade e consultoria.

Quanto às funções de trabalho, os ex-alunos de MBA são mais suscetíveis a assumirem cargos em marketing, vendas, operações, logística e gestão em geral. Ex-alunos com mestrados em administração que não sejam MBA são mais propensos a trabalhar em cargos de finanças, contabilidade e recursos humanos.

No total, mais de 4 em cada 5 ex-alunos concordam que a educação que tiveram os preparou para cargos de liderança (86 por cento) ou para as carreiras que escolheram (85 por cento) e aumentaram seus poderes aquisitivos (82 por cento).

O empreendedor

A maioria dos ex-alunos adia suas atividades empreendedoras até depois da graduação. De fato, 2 em cada 3 ex-alunos empreendedores iniciaram seus negócios depois da graduação, após trabalharem em outra empresa. Um em cada 8 ex-alunos empreendedores procurou por capital de risco e 72 por cento desses indivíduos receberam tais financiamentos. Metade dos ex-alunos empreendedores dizem que suas universidades disponibilizaram orientação curricular, especialistas da comunidade e mentores para guiarem suas atividades empreendedoras.

Habilidades mais valorizadas no ambiente de trabalho

Os ex-alunos classificam as habilidades interpessoais como as mais importantes no ambiente de trabalho, independentemente do nível de trabalho ou cargo. Entre os cinco talentos mais importantes para seus trabalhos, aqueles relacionados a habilidades "com pessoas" ou inteligência emocional são altamente recomendados pelos ex-alunos, estando as habilidades interpessoais (como escuta ativa, persuasão e negociação, gestão de tempo) no topo da lista.

Outras habilidades predominam conforme escalam os degraus corporativos. Os ex-alunos em posições de mais alto nível tendem a indicar que o gerenciamento de capital humano, estratégia e inovação e o processo de tomada de decisões são mais importantes para seus cargos atuais em comparação aos ex-alunos em posições de nível mais baixo.

Recomendações dos ex-alunos

A maioria dos ex-alunos é mais propensa a recomendar seu programa de pós-graduação para colegas e amigos. O Net Promoter Score global uma medida de confiança do cliente que as escolas de pós-graduação em administração recebem de seus ex-alunos é 47, que é maior que as pontuações recebidas em muitos setores da economia. Os Net Promoter Scores são positivos para todos os programas de pós-graduação, embora as diferenças por tipo de programa oscile de 22 para programas de mestrado em gestão até 62 para programas de dois anos de MBA em tempo integral. Se pudessem escolher, mais de 9 dos 10 (92 por cento) ex-alunos teria seguido suas formações de pós-graduação sabendo o que eles hoje sabem.

Programas de pós-graduação em administração expõem os alunos a uma ampla gama de oportunidades e proporciona aos ex-alunos acesso a uma variedade de desdobramentos de carreira, disse Chowfla. Fica claro pelos resultados que os ex-alunos sentem que suas formações os ajudaram a se preparar para cargos de liderança, assim como incrementaram seus potenciais de ganho e orientaram o desenvolvimento de suas carreiras. Essa positividade é refletida em suas recomendações em formação de pós-graduação para os outros.  

Para fazer o download do Alumni Perspectives Survey Report de 2017 do GMAC, visite: gmac.com/alumniperspectives. Para ver gráficos de apoio, visite o GMAC News Center.

Sobre o GMAC: O Graduate Management Admission Council (GMAC) é uma organização sem fins lucrativos de 220 escolas líderes em pós-graduação de todo o mundo comprometida ativamente com o avanço da arte e ciência dos processos de admissão. O Conselho fornece as soluções necessárias para escolas de pós-graduação e candidatos para que eles descubram e avaliem uns aos outros no intuito de garantir que os talentos nunca passem despercebidos. O GMAC é proprietário e administrador do exame Graduate Management Admission Test® (GMAT®), utilizado por mais de 6.500 programas de graduação em todo o mundo, assim como do NMAT pelo exame GMAC, utilizado para admissão em programas de pós-graduação em gestão na Índia. O Conselho tem sede em Resto, Virgínia, EUA, com escritórios em Londres, Nova Déli e Hong Kong. Informações adicionais sobre o exame GMAT estão publicadas em mba.com. Para obter mais informações sobre o GMAC, visite gmac.com.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA:  
Jennifer Garfinkel; Diretora de Comunicação Social, GMAC
+1 (703) 668-9805 ou jgarfinkel@gmac.com

Primary Logo

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.