Saiba como funciona a mídia programática e quais as suas vantagens

Atibaia -SP--(DINO - 31 jan, 2017) - Comprar mídia diretamente com os sites e portais, se tornou ultrapassado desde a chegada da mídia programática , com sistemas automatizados que avaliam o comportamento do consumidor na web, oferecer o seu produto diretamente público-alvo é muito mais fácil e as taxas de retorno são bem maiores. Antigamente, a compra e venda de anúncios de forma direta tornava os anúncios caros e pouco confiáveis. Atualmente, o processo se tornou mais barato e eficaz, garantindo as empresas menores investimentos, com maiores retornos.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

31 de janeiro de 2017 | 17h52

O processo de compra é feito através de um leilão em tempo real (Real time bidding ? RTB), no qual os anunciantes disputam o inventário dos publishers. Toda essa negociação é feita através de plataformas de DSP (Demand Side Platform) que usam dados concedidos pelo DMP (Data Management Platform) para encontrar o público alvo mais adequado ao anunciante. A empresa que oferecer o maior valor pelo espaço publicitário fica com ele, e diferente da mídia tradicional tem o controle da campanha e a possibilidade de otimização.

As maiores vantagens da mídia programática são: campanhas personalizadas de acordo com gênero, idade, intenção de compra, perfil de navegação, localização, etc.; evitar dispersão dos anúncios em sites aleatórios; anunciantes decidem o quanto desejam pagar por impressões; oferecer as empresas tudo o que elas precisam em um único lugar, compra de audiência e não de espaços fechados em sites e portais pré-definidos, permitindo maior alcance dos anúncios.

De acordo com dados de pesquisas do Interactive Advertising Bureau (IAB) do Brasil, a América Latina é a menor região programática global, porém a que avança mais rápido com perspectivas de que crescerá quatro vezes até 2019. Para 2017, no Brasil, um dos países mais promissores da região, o crescimento está previsto em até 30%.

Conforme os entrevistados do mesmo estudo, um dos maiores impedimentos para a consolidação da mídia programática na América Latina é a falta de profissionais com experiência em temas digitais. Em relação a essa deficiência do mercado, a equipe da Go Biz , agência especializada em marketing digital, afirma que é importante ter cuidados com os falsos especialistas. " Muitas vezes, as empresas contratam o serviço pelo menor preço, sem experiência comprovada e sem o conhecimento do profissional necessário. Nessas condições, não haverá retorno sobre o investimento, por menor que ele seja. A competência técnica e o conhecimento profundo da ferramenta são os fatores que garantem o sucesso da campanha", explicam.

Website: http://www.gobiz.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.