Salões de beleza aumentam faturamento neste fim de ano com automatização de sistemas

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

13 Dezembro 2016 | 10h47

(DINO - 13 dez, 2016) - Cerca de 7 mil salões de beleza são abertos por mês no Brasil apenas na categoria de microempreendedor individual (MEI), segundo o Sebrae. Sabe-se, porém, que a maioria dos empreendedores da área trabalha na informalidade. Se esses forem somados, o número de salões abertos mensalmente no Brasil pode ultrapassar a casa de um milhão.

Neste ambiente competitivo, mantém-se aquele salão que conseguir investir em diferenciais para seus clientes. Soluções automatizadas para atenderem o consumidor com mais qualidade e praticidade são bons exemplos.

Alguns softwares permitem que os clientes ganhem um cadastro e tenham todos os tratamentos realizados registrados. Assim, mesmo que eles voltem apenas após um ano ao salão, o profissional terá todo seu histórico. "Isso pode ser implementado facilmente com o registro e leitura de código de barras", diz Joannes Righetto, diretor da ZIP Automação , e-commerce especializado em automação comercial.

Nesse caso, por exemplo, cada cliente ganha um cartão magnético com um código único e o sistema registra seu histórico através da leitura desse card.

Oferecer tablets para a leitura de sites durante os procedimentos, em vez de revistas antigas, também é uma estratégia que pode ser adotada pelos salões. Afinal, toda a experiência enquanto o cliente estiver no salão precisa ser excelente. Ele precisa sentir que a prestação de serviços é realmente vantajosa para não querer mudar de prestador de serviços.

Por isso, segundo o Sebrae, os salões precisam agir mais como empresas e menos como pessoas físicas. Vale se regularizar, emitir nota fiscal, oferecer café, pedir feedback e oferecer a máxima diversidade de serviços que puder.

Cuidados que garantem resultados

Além da automatização de sistemas, proprietários de salões de beleza precisam ficar sempre atentos a novos produtos e tratamentos. E, claro, devem oferecer apenas produtos certificados e aprovados pela Anvisa aos clientes. Passar segurança nesse ramo é fundamental para conquistar novos clientes e faturar mais.

Manter o ambiente higienizado também é importante para atrair novos clientes e fidelizá-los, principalmente se o salão também trabalhar com serviços de manicure e pedicure, que exigem estufas de esterilização e materiais descartáveis. O mesmo vale para salões que oferecem serviços de depilação, micropigmentação de sobrancelhas e massagens estéticas.

Valorização de profissionais do ramo diminui rotatividade

Manter os bons profissionais atendendo sempre também é fundamental. Muitas vezes, os clientes se prendem mais ao profissional do que ao espaço. Por isso, é fundamental que o dono do salão tenha bom relacionamento com seus colaboradores. A valorização deles fará com que trabalhem no salão por bastante tempo, atraindo clientela.

Mas, como valorizar esses profissionais? Simples: o salão pode investir na formação deles, custeando cursos de atualização e de novas técnicas, além de pagar valores justos de comissão sobre cada atendimento.

Oferecer vantagens que eles não teriam sendo autônomos também é importante, como plano de saúde, refeições, entre outras.

Parcerias podem ampliar faturamento, principalmente no fim do ano

Os salões podem ampliar seus faturamentos fechando parcerias com perfumarias e marcas de beleza. A revenda de produtos de beleza, como shampoos e máscaras de tratamento já é comum em muitos salões do Brasil. Quanto maior a variedade de marcas trabalhadas, maior o faturamento do salão.

"Para tanto, pode ser necessária também a automação de sistemas, como o uso de leitor de código de barras, impressoras e do equipamento SAT Fiscal, para emissão de notas fiscais eletrônicas", explica Righetto.

Outra parceria bem vinda aos salões de beleza pode ser feita com revendedoras porta a porta de marcas de beleza e higiene. O salão pode abrir as portas para a exposição dos produtos da revendedora, que pode oferecer descontos exclusivos aos clientes do espaço.

Podem ser ofertados ainda cupons de desconto em sites de compras coletivas, visando a atração de novo público. Nesse caso, o atendimento precisa ser exemplar, para que o cliente que veio através do cupom se encante e volte sempre que pensar em realizar um novo tratamento. Assim, vale a pena investir também no treinamento de toda a equipe, como pessoal da recepção, da limpeza, manicures e cabeleireiros.

Como automatizar o salão de beleza?

Primeiro, é necessário definir quais áreas do salão serão automatizadas. Então, é só buscar uma empresa parceira, como a ZIP Automação. Trata-se de um e-commerce brasileiro que trabalha com impressoras fiscais e não fiscais, equipamentos SAT Fiscal, leitor de código de barras, impressoras de etiquetas, relógios de ponto e balanças. Todos os produtos são certificados e possuem garantia. Para saber mais, acesse o site oficial da empresa (http://www.zipautomacao.com.br).

Website: https://www.zipautomacao.com.br/

Mais conteúdo sobre:
ReleasesBrasilSebraeAnvisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.