Schioppa em prol dos animais

(DINO - 06 fev, 2017) - A paralisia não é um problema que atinge somente nós humanos. Animais como cachorros, por exemplo, também podem sofrer devido à idade, raça, infecções, entre outros fatores.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

06 de fevereiro de 2017 | 15h54

No intuito de trazer uma solução para que os cachorros pudessem se locomover, há dois anos, a Schioppa doa rodas e rodízios para as cadeirinhas criadas pelo analista de sistemas Fábio Vianna que desenvolve o projeto e entrega para o cãozinho que necessite.

Liliane Schioppa, gerente de marketing da Schioppa, conta como conheceu a causa. "O Fábio Vianna fabrica as cadeirinhas de rodas e doa para os cachorros que têm essa necessidade. Ele entrou em contato conosco querendo comprar algumas rodas, porém, ao expor seu maravilhoso trabalho beneficente, a Schioppa decidiu doar as rodas, o que fazemos até hoje. É muito gratificante ver que podemos ajudar os animais com tão pouco. Uma simples doação de rodas em conjunto com o trabalho do Fábio pode fazer o animal ter a alegria de andar e correr novamente, o que não seria mais possível", explica.

Em dois anos, a Schioppa já ajudou mais de 20 cachorros com dificuldade de locomoção. Além disso, a gerente diz que a empresa está à procura de alguma ONG em São Paulo para fazer doações de rodas e também continuar com a parceria com o idealizador, Fábio Vianna.

"Pequenas ações e simples gestos podem ajudar e salvar o seu melhor amigo. Por isso, a Schioppa está ao lado dos animais para oferecer as rodinhas", finaliza.

Sobre a Schioppa

Fundada em 1950, a fábrica da Schioppa possui uma estrutura com mais de 10 mil m² de parque industrial, dotada de maquinários modernos e precisos para a produção em larga escala de variados tipos de rodas e rodízios com qualidade que supera as expectativas. Sendo assim, é considerada a maior fabricante de rodas e rodízios da América Latina.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.