Segundo especialistas, Índice de Confiança na Indústria apresentou alta em Janeiro

São Paulo - SP--(DINO - 08 fev, 2017) - A Fundação Getúlio Vargas divulgou por meio do Índice de Confiança da Indústria (ICI), que a indústria brasileira iniciou o ano de 2017 mais otimista. Foram ao todo, 4,3 pontos de diferença em relação ao mês anterior.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

08 de fevereiro de 2017 | 18h00

De acordo com especialistas, esta pode ser considerada uma alta expressiva, inclusive influenciada pela queda dos juros. Segundo o economista superintendente de Estatísticas Públicas da FGV/IBRE, esse é um sinal de recuperação de uma queda apresentada após o mês de setembro. "O setor parece estar reagindo a uma combinação de aceleração da produção no final do ano e do ritmo de queda dos juros a partir de janeiro", disse, em comunicado divulgado à imprensa.

Produtos como sensor de temperatura termopar e separador magnético prometem receber ainda mais investimentos e aumento na produção deste ano. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, 15 dos 19 segmentos da indústria que participaram da pesquisa, apresentaram um aumento na confiança. Além disso, a boa notícia é que o resultado positivo na avaliação foi tanto em relação ao presente, quanto ao futuro: o Índice de Expectativas (IE) avançou de 4,7 pontos, para 91,0 pontos, e o Índice da Situação Atual (ISA) subiu de 3,8 pontos, para 87,0 pontos.

A maior contribuição do Índice de Expectativas, aconteceu por meio das perspectivas para o pessoal ocupado nos três meses seguintes. De acordo com o ICI, o aumento foi de 7,4 pontos, alcançando o total de 89,2 pontos ? registro que supera a perda acumulada de 6,0 pontos referentes aos cinco meses anteriores.

Vale ressaltar, também foi apresentado um avanço do número do percentual de empresas que projetam um aumento do total de pessoal ocupado, de 11,1% para 14,1% do total, e redução do número das que acreditam que haverá diminuição do quadro de pessoal, de 21,7% para 16,7%.

A maior influência aconteceu no indicador que aponta a satisfação com a situação atual dos negócios. O sub índice da Situação Atual (ISA) subiu 5,2 pontos em Janeiro, alcançando o total de 82,9 pontos. O índice que registra empresas e avalia a situação dos negócios de forma positiva, subiu de 10,7% para 16,7% do total; já os que as consideram a situação fraca, abaixou de 46,7% para 43,5%.

O Índice de Confiança da Indústria ainda levantou um outro item, o do Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI). Nele também foi registrado um aumento de 1,7% em relação a dezembro, atingindo 74,6% em janeiro.

Dessa forma, a partir da redução de juros esperada para este ano, as empresas em geral, estão mais confiantes quanto ao desenvolvimento industrial em 2017. Entre as companhias que esperam resultados ainda melhores, está a Alutal, líder de mercado em Termometria. Uma das marcas mais lembradas nos principais segmentos de atuação de seus produtos.

Sendo assim, por meio de modernas tecnologias, a Alutal investe em produtos como, separador magnético, sensor de temperatura termopar, assim como termopar de isolação mineral.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.