Segundo estudo, setor de hostels tem forte crescimento no Brasil

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

14 de março de 2017 | 16h52

São Paulo - SP--(DINO - 14 mar, 2017) - Os jovens nascidos nos anos 80 e 90 estão mudando o cenário da hospitalidade mundial. Pelo menos isso é o que afirma um estudo realizado pela empresa Phocuswright, que enxergou nos hostels a materialização de muitos dos anseios buscados por essa geração.

De acordo com a pesquisa, os "millenials" ? também conhecidos como Geração Y ? estão priorizando cada vez mais as interações sociais e aventuras compartilhadas com novos amigos em comparação com a média da população viajante.

Justamente por esse motivo, estão dispostos a gastar mais dinheiro em viagens longas, conhecendo o maior número possível de países.

Nesse cenário, os hostels surgem como uma alternativa emergente. Além de serem mais baratos que hotéis, geralmente oferecem um ambiente propício para a interação social e novas amizades.

De acordo com a plataforma de reservas Hostelworld, o número de hostels registrados no site cresceu 533% nos últimos cinco anos, atingindo o montante de 750 no total. O portal também afirma que, nos últimos anos, o crescimento de reservas feitas na página brasileira foi superior a 51%.

De maneira geral, pesquisas afirmam que o intenso desenvolvimento desse negócio aconteceu porque os hóspedes estão em busca de preços mais baixos (44%), localizações convenientes (44%), boa qualidade/ preço (43%) e oportunidades para conhecer outros viajantes (31%).

A projeção do mercado é que a indústria dos hostels aumente de 7% a 8% por ano. Atualmente, especialistas apontam que o setor já apresenta US$ 5,2 bilhões em receita de hospedagem.

Além disso, vale destacar que o perfil desse meio de hospedagem sofreu grandes transformações ao longo dos anos. Estudos afirmam que hoje, 9 a cada 10 hostels contam com quartos privados (além dos tradicionais compartilhados).

O estudo ainda indica que a América Latina representa 18% dos estabelecimentos e 9% da receita global dos hostels, se destacando como um dos mercados emergentes de maior expansão do setor.

No Brasil, os principais hostels estão localizados em regiões litorâneas, como Rio de Janeiro e Salvador. Contudo, outras locais, como Maresias ? localizada na estância de São Sebastião, no estado de São Paulo - se destacam como opção de destino e hospedagem.

Maresias é uma praia de 5km e que está cercada pela emblemática Mata Atlântica. O local ficou conhecido por ser um ponto de encontro de diversos artistas, e inclusive recebeu até mesmo campeonatos de surf.

Apesar de suas ondas agitadas, a praia de Maresias também conta com opções de lazer para quem procura descanso à beira-mar. Lá, é possível tomar banho nas águas e também realizar passeios de barco.

A vista do famoso ponto de mergulho Alcatrazes integra os percursos de barco, enquanto a Mata Atlântica pode ser uma opção de passeio para os amantes de trilhas e caminhadas.

Além de contar com guias especializados para caminhadas na natureza, a região de Maresias ainda conta com uma extensa vida cultural ? o que inclui diversos bares, restaurantes e padarias.

No site oficial Maresias é possível encontrar uma agenda detalhada de eventos, bem como notícias, vídeos e dicas para que a estadia no local seja agradável.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.