Técnica simples e poderosa de PNL para harmonizar relacionamentos

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 05h06

São Paulo, SP--(DINO - 22 fev, 2017) - Por que as pessoas não se relacionam bem com pessoas que não são iguais a ela? Por que as pessoas têm uma enorme dificuldade de entender a intenção positiva do próximo? Por que existem muitas discórdias e mal relacionamentos?

O fato é que desejamos que o nosso próximo seja conforme nós queremos que ele seja, por meio de nossas referências, estudos e experiências na vida. Porém, cada um tem uma maneira diferente de ser, tem um perfil comportamental único, alguns são mais dominantes, outros são mais influentes, outros cautelosos e outros mais seguros.

Mas então como relacionar perfis diferentes para ter uma boa convivência?

O ideal seria pensar como a outra pessoa, sentir, ver e ouvir de acordo com a visão do próximo diante de tal fato, assim conseguiríamos nos harmonizar melhor com quem nos relacionamos.

Uma técnica simples e poderosa de harmonizar relacionamentos vem da PNL (Programação Neurolinguística) para ajudar às pessoas neste processo de conviver melhor com o próximo, segue abaixo a descrição:

- Imagine uma situação específica onde não aconteceu conforme queria e não teve o tratamento que desejava. Perceba o que te incomodava na outra pessoa, qual o comportamento dela que você não gostou (a maneira como ela disse as palavras, o tom de voz, as expressões).

- Após identificar o que te deixou triste, imagine sendo a outra pessoa, pense no mundo com o ponto de vista dela, não o seu, e pergunte-se o que ela queria agindo desta forma com você, qual seria o objetivo desta pessoa ao agir assim?

- Passando agora para uma posição de observador, veja a situação com os olhos e visão de uma pessoa sem julgamento, assistindo você e a outra pessoa se relacionando. Agora, sabendo a intenção positiva do próximo e o que ele deseja, pergunte-se, como pode melhorar sua comunicação com esta pessoa? Qual comportamento poderia mudar?

- Depois deste exercício, volte a imaginar como será o relacionamento se você mudar e entender o que o próximo deseja, além de compreender o outro e ver a situação de uma maneira diferente. Como será a maneira de outro agir se você fizer deste novo jeito? O que muda?

Caso consiga aplicar o exercício em si mesmo e modificar seus comportamentos, provavelmente terá uma reação diferente da pessoa com quem se relaciona, feito isso, a probabilidade de sentir-se melhor aumentará.

Website: http://lucassantospalestrante.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.