TMD/Cobreq inaugura nova fábrica ainda este ano

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

10 de janeiro de 2017 | 13h51

(DINO - 10 jan, 2017) - A nova fábrica da TMD Friction do Brasil, em Salto, interior de São Paulo, já está com cerca de 95% das obras concluídas e deverá ser inaugurada em outubro deste ano.

Tradicional fabricante de pastilhas e lonas de freio com a marca Cobreq e parte do grupo japonês Nisshinbo, a TMD está finalizando o investimento de R$ 142 milhões nesta planta, o maior investimento do grupo em outro continente.

Desde o lançamento da pedra fundamental, em maio de 2014, até hoje, cerca de 95% das obras já foram concluídas, estando, agora, em fase de transferência das linhas de produção de Indaiatuba para Salto, dois municípios no interior paulista e distantes 15 km um do outro.

De Indaiatuba, onde opera desde 1975, a necessidade de expansão fez a TMD Friction trocar seus atuais 82.000 m² de área total (zona urbana) e 18.000 m² de área construída por, respectivamente, 100.000 m² e 32.000 m² em construção, além da possibilidade de crescer por se tratar de um distrito industrial.

O projeto da nova fábrica é administrado por um grupo liderado por Edilson Jaquetto ? diretor-geral de Negócios OE da TMD, que informa: "Contamos com cerca de 100% das obras civis concluídas e já começamos a produzir em algumas linhas de Salto".

E continua: "No momento estamos iniciando a transferência de toda a área administrativa, que deverá ser finalizada até o final deste primeiro mês de 2017. Toda a produção de pastilhas de freio para OE estará em operação em Salto nesta mesma data. E, finalmente, devemos finalizar 100% da transferência de nossa operação de Indaiatuba para Salto até setembro deste ano. Assim, estamos definindo junto ao nosso board japonês e europeu, que a grande inauguração deverá ocorrer oficialmente em outubro de 2017".

Edilson finaliza explicando que "2017 será um ano bastante desafiador para o termino dessa transferência, em razão da dificuldade econômica que o País enfrenta. Mas, por outro lado, existe muita expectativa positiva para continuar almejando o crescimento de dois dígitos no IAM, suportado pela Marca, Produto e Tecnologia, além da nossa maior capacidade instalada em Salto, o que propiciará à TMD Friction do Brasil um melhor atendimento aos seus clientes".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.