Universitários aquecem mercado de locação de imóveis no início do ano

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

12 de janeiro de 2017 | 13h19

São Paulo, SP--(DINO - 12 jan, 2017) - O início de cada ano registra aumento na procura de imóveis para aluguel na cidade de São Paulo. Isso se deve especialmente à busca de estudantes do interior paulista ou de outros estados que vão começar a estudar em universidades paulistanas e precisam de um lugar para morar ao longo dos próximos anos.

Levantamento da Lello, imobiliária e administradora paulistana, aponta que locação de imóveis para estudante provoca um aumento de 30% a 35% do volume de contratos de aluguel fechados de janeiro até março.

Segundo a administradora, a maior parte dos estudantes vem do interior paulista, e as regiões preferidas são aquelas próximas a universidades, Bairros como Vila Buarque e Higienópolis, Centro e Liberdade, Vila Mariana e Vila Clementino, entre outras. Há também aumento da procura na região do ABC.

Os tipos de imóveis mais procurados normalmente são apartamentos de um ou dois dormitórios, situados próximo a estações de metrô e com bom estado de conservação. "Além da localização, imóveis mobiliados, por exemplo, favorecem de forma significativa na hora da escolha", diz Roseli Hernandes, diretora de Locação de Lello Imóveis.

Ela explica que as unidades com esse tipo de perfil, disponíveis para locação e situadas em regiões próximas às faculdades, costumam ser alugadas mais rapidamente nesta época do ano.

"O fechamento dos contratos de locação pode ser agilizado quando os pais dos estudantes concordam em ser fiadores e apresentam as condições necessárias para a aprovação da ficha. Mas outra modalidade muito utilizada é o seguro-fiança", conclui a diretora da Lello.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.