Você sofre com Bruxismo? Veja como a aromaterapia pode auxiliar no tratamento

Ilhabela - SP--(DINO - 07 mar, 2017) - O Bruxismo é sem dúvida um grande desafio na vida de muitas pessoas que sofrem deste problema e também de profissionais que recebem com grande frequência em seus consultórios pacientes em busca de soluções.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

07 de março de 2017 | 16h54

De um modo geral, o termo é utilizado para pessoas que rangem os dentes e seu tratamento mais comum é feito com placas de acrílico ou PVC rígido. Porém hoje em dia, o dentista pode contar com diversas terapias complementares que ajudam muito no controle do distúrbio, tais como Aromaterapia, Massoterapia, Acupuntura e Florais.

Segundo a Dra. Priscila Ferreira, dentista e professora do Curso Odontologia Humanizada, a Aromaterapia tem se mostrado muito eficiente, mas primeiramente, deve ficar claro que o efeito terapêutico existe apenas com o uso de Óleos Essenciais e não da essência artificial. Esses óleos possuem um poder terapêutico incrível, pois são produzidos por algumas plantas quando encontram-se em alguma situação extrema onde necessitem de alguma proteção, tal como no frio ou calor intensos, excesso de chuva ou seca e presença de pragas.

O óleo produzido é então extraído e pode ser utilizado em forma de aromatizadores ambientais, em banhos, compressas, inalações ou massagens. No caso específico do Bruxismo, os óleos essenciais que apresentam melhor resultado são os de Lavanda e Lemongrass. O recomendado é que coloque uma gota de óleo de cada lado do travesseiro ou na forma de difusores apropriados que podem ser encontrado em lojas especializadas.

Segundo Mauricio Rivera que é formado em aromacologia, e proprietário da empresa RHR, o óleo essencial de Lavanda equilibra o físico, mental e emocional. Ele é antiestresse, combate a insônia, desintoxica, traz sensação de liberdade, frescor e relaxamento.

Excelente calmante para pessoas ansiosas, impacientes além de minimizar o medo. Já o Lemongrass aumenta a concentração, relaxa crianças agitadas, é calmante e levemente sedativo.

Esses são apenas alguns dos benefícios dos óleos essenciais para saúde bucal, outros óleos são utilizados com frequência entre eles Melaleuca (ou Tea Tree), Alecrim e Hortelã Pimenta e suas aplicações são melhores esclarecidas no curso online Odontologia Humanizada. Vale salientar que essa terapia complementar não substitui a avaliação do dentista, que é o profissional capacitado para avaliar caso por caso e aplicar as terapias corretas.

Saiba um pouco mais sobre o Bruxismo

O Bruxismo é um transtorno funcional, causado pelo movimento involuntário dos músculos da mastigação, causando atrito entre os dentes podendo ser observado em pessoas de todas as idades, sendo muito comum em crianças de até 6 a 7 anos de idade.

Apesar de ser mais frequente durante o sono, também pode ocorrer com o indivíduo acordado. Pode ser crônico, agudo ou semi-involuntário e está altamente associado ao estresse, ansiedade, raiva, frustração ou tensão, mas também deve ser observado em casos de má oclusão dental, problemas do sono como a apneia, dor de ouvido, dor de dente e refluxo gástrico.

Aparece como efeito colateral de alguns medicamentos e complicação de doenças, tais como a doença de Parkinson. Certas substâncias, como cigarro, álcool, cafeína e drogas também podem atuar como fatores que aumentam o risco de bruxismo.

Os sinais e sintomas mais comuns para o bruxismo são o ranger dos dentes (que às vezes pode ser tão forte que se torna audível para as outras pessoas), dentes desgastados, fraturados, lascados, restaurações e próteses que soltam sem motivo aparente, dor na articulação da mandíbula, hipertrofia da musculatura da face, dor de cabeça, cansaço ao abrir e fechar a boca, dores musculares na região do pescoço e ombros, dificuldade de fechar corretamente a boca, zumbido no ouvido e até diminuição da audição.

O Apertamento é um tipo de bruxismo onde ocorre apenas a pressão dos dentes inferiores contra os superiores, mas nesse caso, o movimento de ranger é inexistente e, portanto, um pouco mais difícil de ser identificado pelo paciente.

Você pode obter mais informações sobre esta terapia e sobre Odontologia Humanizada no site www.odontohumanizada.com.br

Website: http://odontohumanizada.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.