Wetzel S/A supera expectativa de pedidos e alavanca resultados

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 01h16

Joinville,SC--(DINO - 07 mar, 2017) - O ano de 2017 iniciou com muito trabalho e resultados acima do esperado na unidade Eletrotécnica da Wetzel S/A. A companhia apostou em uma campanha de vendas que deu certo somadas a algumas ações internas, por isso, tem motivos para comemorar e garantir que o momento é ideal para a continuidade dos trabalhos. "Visualizar uma campanha dando certo foi motivador para toda a equipe. O acréscimo do volume de pedidos, além de ter contribuído para um resultado econômico financeiro positivo, também refletiu na negociação com fornecedores", revela Moacir Tassinari, gerente comercial.

O resultado positivo alavancou contratações e tem previsão de abertura de mais um turno de trabalho para atender o aumento da demanda dentro dos prazos negociados. "Esses indicadores só reforçam nosso compromisso com o consumidor e justificam nosso prêmio Destaque Indústria Anamaco, e Destaque Material de Instalação da entidade ABREME, que recebemos em 2016, por exemplo", explica João Carlos Germani, gerente geral da unidade Eletrotécnica.

Quem também atesta resultados positivos é a Revista Eletricidade Moderna, que concedeu à Wetzel o prêmio "Qualidade 2017". A companhia vem investindo em tecnologia própria para o desenvolvimento de projetores LED, nova oportunidade de negócios para linha à prova de explosão e implantação de novos departamentos - técnico e de inteligência.

A Unidade Eletrotécnica é responsável pelo desenvolvimento, produção e comercialização de produtos destinados aos segmentos de instalação elétrica, iluminação industrial e comercial. Além de atuar no varejo, através de seus distribuidores, com mais de 2 mil pontos de vendas no Brasil e nos países do Mercosul.

Website: http://www.wetzel.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.