Transporte aéreo cresceu 3,6% na América Latina e no Caribe

Foram transportados 123,5 milhões de passageiros em 2009; taxa de ocupação, no entanto, caiu 0,7 ponto porcentual, para 70,5%

Agência Estado,

18 de fevereiro de 2010 | 19h26

As empresas integrantes da Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo (ALTA) transportaram 123,5 milhões de passageiros em 2009, uma alta de 3,6% sobre 2008. O tráfego medido pelo número de passageiros pagantes por quilômetro voado (RPK) cresceu 3% e a capacidade, medida pelo número de assentos disponíveis por quilômetro voado (ASK), subiu 4%. A taxa de ocupação caiu para 70,5%, 0,7 ponto porcentual a menos que no ano anterior. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 18, pela ALTA.

 

"A América Latina e o Caribe como um todo tiveram um desempenho positivo, considerando especialmente o desafio imposto pela crise econômica mundial. A região está apta a manter essas taxas de crescimento", disse o diretor executivo da ALTA, Alex de Gunten.

 

Em dezembro do ano passado, o número de passageiros transportados aumentou 13,6% na comparação com o mesmo mês de 2008, totalizando 11,7 milhões de pessoas. No período, o RPK avançou 11,6% e o ASK cresceu 6,6%. A taxa de ocupação ficou em 73,7%, 3,3 pontos porcentuais a menos do que em dezembro do ano anterior.

 

As toneladas de carga transportadas por quilômetro aumentaram 38,1% em dezembro de 2009, mas caíram 3,5% no acumulado do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
aviação, transporte aéreo, Alta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.