Reprodução
Reprodução

Dez aplicativos para organizar as contas

Para começar o ano com o orçamento controlado e organizado, confira os principais aplicativos financeiros gratuitos para smartphones e tablets

Daniel Gonzales, O Estado de S. Paulo

29 Dezembro 2014 | 05h00

Gerenciar como, porque e onde você gasta seu dinheiro fica mais fácil com a ajuda de smartphones e tablets. No ano de 2014 foram lançados ou atualizados diversos aplicativos de gerenciamento financeiro, para ajudar quem usa dispositivos móveis a controlar mais e melhor as finanças pessoais.


Entre os destaques do ano estão aplicativos que se integram ao desktop, facilitando a sincronia de dados entre o computador e o celular, por exemplo. Alguns apps geram gráficos em vários formatos, para que seja mais intuitiva a visualização das suas movimentações. Outros aplicativos financeiros têm um lado de “rede social” e mostram em mapas onde e com quem você costuma gastar seu dinheiro, tornando mais fácil a identificação de eventuais excessos e descontroles.


Quem tem muitas contas a pagar ou mesmo é investidor também não fica de fora: com os apps de finanças, dá para programar alertas tanto para gastos quanto para depósitos em poupança ou outras aplicações.


O melhor: existem excelentes aplicativos financeiros para os três principais sistemas operacionais móveis do mercado - Android, iOS e Windows Phone - que são totalmente gratuitos e que podem ser baixados nas lojas virtuais Google Play, App Store e da Microsoft.


Confira a seleção com dez principais aplicativos que foram lançados ou atualizados neste ano de 2014.


Moni (iOS, grátis) – Aplicativo intuitivo. Usa um interessante sistema de cores para alertar quando os gastos se aproximam ou entram no vermelho – e você escolhe as cores. O app dá prioridade ao mais simples: organize suas finanças numa lista de receitas e despesas, sem se preocupar com categorias ou gráficos complicados. É possível escrever um apontamento para cada gasto ou entrada de dinheiro.


Gastos Diários (Android, grátis) – Poderoso gerador de gráficos para controle das finanças. O app permite o registro de gastos e entradas de recursos manual ou automaticamente. É possível programar os dias em que cai o salário ou são feitos pagamentos de contas em débito automático. Dá para montar categorias para separar as despesas e gerar relatórios por período. Aplicativo funciona em tablets.


MSN Dinheiro (Android e Windows Phone, grátis) – Permite acompanhar centenas de ações, fundos ou índices econômicos favoritos, numa espécie de centro financeiro na ponta dos dedos – na versão para Windows Phone, dá para fazer isso com os 'live tiles' (blocos inteligentes). O app tem conversor de moedas, calculadora de juros e hipotecas, agenda de pagamentos e geração de gráficos financeiros.


Money Lover (Android, grátis) – Além dos registros sobre receitas e despesas, este aplicativo permite adicionar lembretes com alarme para pagamento de contas ou agendamento de outras transações. Suporta mais de 45 tipos de moedas diferentes, fazendo as conversões automaticamente. É possível, de quebra, adicionar widgets na tela inicial de seu Android, facilitanto a visualização das transações.


Calculadora do Cidadão (iOS e Android, grátis) – Aplicativo oficial do Banco Central. Há uma calculadora de gastos com juros no pagamento de um crediário. Faz estimativa de correção de um montante pela poupança, com base em diversos indicadores econômicos. Calcula rendimento de aplicações com depósitos regulares, valor futuro de um capital e muito mais.


Wally+ (iOS e Android, grátis) – O aplicativo propõe o controle de sua vida econômica “um degrau acima” dos concorrentes, com um sistema inteligente para definir objetivos e atingi-los. Mostra sua posição financeira em comparação com outras pessoas, adiciona amigos, fotos e monitora os locais em que você vai – a proposta é mostrar como você gasta o dinheiro. 


myFinance (Windows Phone, grátis) – Entre os diferenciais mais interessantes, o app permite gerenciar várias contas com saldos separados e adiciona transferências de dinheiro entre elas. Outro ponto positivo é que o app pode sincronizar os dados com planilhas do Excel ou o OneDrive, serviço de armazenamento de dados da Microsoft. Também suporta inserção de saldos negativos.


Finance (iOS, grátis) – O aplicativo traz um diferencial interessante: anexa fotos de comprovantes ou qualquer outro documento às suas movimentações, para que você se lembre da operação mais tarde. Tem um sistema de ícones de fácil entendimento e organiza as operações em categorias, cada qual com sua imagem, tornando fácil visualizar as despesas por tipo. Gera gráficos e sincroniza com o computador.


Boleto Scanner (iOS, US$ 1,99) – Use a câmera do iPhone para ler o código de barras de qualquer boleto e, via app, transmita os números para qualquer computador Windows, MacOS ou Linux (é necessário instalar no desktop um programinha gratuito, disponível no site do desenvolvedor). O app lê em voz alta os números, para que você os digite em outro local. Também envia o código via e-mail.


Meu Dinheiro Mobile (Android, grátis) – Gerenciador para controle de orçamentos, contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, contas bancárias, saldos e faturas de cartões de crédito, lucros, favorecidos e pagadores e metas. Com um mesmo login, sincroniza os dados na versão web e no smartphone, O app possibilita o envio de lembretes financeiros por e-mail e gera relatórios e gráficos de suas contas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.