Laboratório Teuto anuncia recall de 150 mil unidades de cinco medicamentos

Entre as falhas de fabricação, a empresa identificou que o antidepressivo Amitriptilina foi embalado como se fosse o Metformina, usado para controle da diabete

O Estado de S. Paulo

15 de setembro de 2014 | 19h59

O laboratório Teuto vai recolher do mercado 150 mil unidades de cinco medicamentos por falhas de fabricação. No rol de problemas, por exemplo, o antidepressivo Amitriptilina 25 mg foi embalado como se fosse o Metformina 850 mg, usado para controle da diabete. Já o Paracetamol 500 mg pode ter dentro da cartela um objeto metálico semelhante a um parafuso. Os medicamentos envolvidos no recall são: Cetoconazol, Amitriptilina, Paracetamol, Nistatina e Atrovastatina Cálcica. Leia os detalhes abaixo: 

Cetoconazol 200mg 

De acordo com a empresa, o recall abrange 105.314 unidades dos produtos colocados no mercado de consumo, com numeração de lote 1048105 e fabricação em 25/06/2013. 

Riscos: A Teuto informou que o lote Cetoconazol 200mg 30 comprimidos, usado para tratamento de micose, pode ter em seu lugar o medicamento Atenolol 100mg. Assim, o uso do produto pode "provocar o comprometimento do tratamento de infecções micóticas do paciente devido à substituição do Cetoconazol, e causar diminuição da pressão arterial, que é o efeito esperado do Atenolol". 

Amitriptilina HCL 25mg

A Teuto informou que o recall da Amitriptilina HCL 25mg, fabricada entre 14/2/14 e 15/2/14, abrande 10.271 produtos colocados no mercado de consumo, com numeração de lote 8910019. 

Riscos: A empresa Teuto disse que o medicamento antidepressivo Amitriptilina HCL 25mg veio dentro da embalagem do Metformina 850mg, utilizado para tratar diabetes. Assim, o produto pode influenciar no "controle da glicemia no paciente diabético devido ausência de Metformina, ao passo em que poderia provocar sedação leve, que é o efeito esperado da Amitriptilina". 

Paracetamol 500mg 

O recall do Paracetamol 500mg abrange 15.141 medicamentos fabricados entre 11 e 12/12/2013, com numeração de lote 1998101. 

Riscos: A Teuto destacou que "foi constatada a possibilidade de ser encontrada a presença de um objeto metálico, semelhante um parafuso, dentro de um alvéolo de um blíster (cartela) inviolado do lote 1998101 do paracetamol 500mg". 

Nistatina 25.000UI/G creme Vaginal

A Teuto informou que 13.993 unidades do creme vaginal Nistatina 25.000UI/G, fabricados entre 14/2/14 e 15/2/14, com numeração de lote 8910019, precisam ser devolvidos.  

Riscos: A empresa destacou , no lote 8910019 da Nistatina pode ter ocorrido a embalagem do lote 33900205 do produto Sulfato de Neomicina + Bactracina Zínica pomada. Assim, "o uso do produto equivocadamente poderia provocar o comprometimento do tratamento de candidíase vaginal do paciente, devido a substituição da Nistatina".   

Atrovastatina Caustica 10 mg

O recall Atrovastatina Cálcica 10 mg com 60 comprimidos revestidos, fabricados entre 17 e 21/1/2014, abrange 4.822 produtos inseridos no mercado de consumo, com numeração de lote 6909006. 

Riscos: A Teuto destacou que "a unidade do lote 5909006 de Atorvastatina cálcica 10 mg estava embalada em cartonagem de Atorvastatina da concentração de 20 mg", e que "caso o consumidor não perceba o desvio, pode fazer uso do produto com dosagem inferior a prescrita pelo médico. Como implicação, o uso da unidade com desvio poderia comprometer o tratamento de controle de colesterol".

Tudo o que sabemos sobre:
recallmedicamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.