Hines
Hines

Parque logístico tem estrutura para economia de água e eletricidade

Empresa investe R$ 300 milhões em projeto em Manaus; local também pode ser usado por indústrias

Larissa Faria, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

31 Agosto 2017 | 07h30

Com investimento de R$ 300 milhões, a Hines inaugurou em abril de 2016 seu terceiro empreendimento logístico de classe A na capital amazonense: o Distribution Park Manaus III, vencedor do prêmio Parque Logístico Industrial, na categoria Empreendimento, do Master Imobiliário 2017.

Implantado em um terreno de 346 mil m², o Distribution Park Manaus III é constituído por três galpões que totalizam 133 mil m², com módulos que variam de 3.440 m² a 7.440 m². O empreendimento tem 120 docas com sistema de niveladoras eletromecânicas, 152 vagas para carretas e 403 vagas para carros, além de 116 vagas conversíveis, que podem ser utilizadas para estacionamento de carros, carretas ou convertidas em docas adicionais.

Cerca de 20 mil m² já foram locados e outros 50 mil m² estão em fase avançada de negociação com empresas que precisam iniciar suas operações ainda em 2017. “Desde o segundo trimestre, percebemos aumento considerável no número de visitas por empresas dos mais diversos segmentos”, afirma o diretor da Hines, Steven Mathieson. “A razão é a expectativa de um melhor cenário econômico, principalmente em 2018, com projeções de um novo ciclo de crescimento do PIB.”

O empreendimento foi projetado e construído tendo em vista a economia de custo de energia para seus ocupantes. Um dos recursos empregados foi a iluminação natural dos galpões, com uso de telhas prismáticas que protegem o interior da incidência direta da radiação solar. O resultado é a redução de cerca de 30% no consumo de energia elétrica.

Também foi implantado um sistema de captação e tratamento de águas pluviais, que é reaproveitada nos sanitários, mictórios, irrigação das plantas em torno do condomínio e limpeza das áreas comuns, gerando economia de até 25% do consumo. No telhado foi aplicada uma camada de borracha sobre a telha metálica, melhorando a eficiência térmica e acústica, além de reduzir a probabilidade de infiltrações – Manaus tem elevado índice de chuvas.

Localizado a 4 km dos portos e a 14 km do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, atualmente o Distribution Park Manaus III é ocupado por empresas do setor de logística. 

“As próximas locações deverão ser feitas por indústrias, já que o empreendimento está no Distrito Industrial e foi projetado para fácil adaptação para ocupação por empresas desse segmento”, afirma Mathieson.

A interligação das unidades em caso de locação de mais de um módulo facilita a instalação industrial. A estrutura projetada permite para as instalações elétricas permite a interligação em média tensão. Além disso, as subestações são maiores e dispõem de espaço físico com previsões de acréscimo de potência com a colocação de transformadores extras.

A administração condominial estará a cargo da própria Hines, que fará a supervisão da segurança, manutenção e limpeza das áreas comuns, que possuem espaços destinados a lazer, descanso, refeições e vestiário para os motoristas das empresas instaladas e de terceiros. 

O condomínioainda possui circuitos interno de TV e de alarme perimetral, sistema de portaria com controle de segurança e um moderno sistema de prevenção e combate a incêndio, com sprinklers, hidrantes, extintores portáteis, detectores de fumaça.

Mais conteúdo sobre:
Área Industrial Manaus [AM]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.