Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Preço dos imóveis sobe abaixo da inflação esperada para abril

Nas 20 cidades pesquisadas, índice FipeZap mostra que, na média, preço do metro quadrado brasileiro chegou a R$ 7,619 mil

Lucas Hirata, O Estado de S. Paulo

04 de maio de 2016 | 10h04

SÃO PAULO - O Índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, registrou elevação de 0,07% em abril ante março. O índice mostra que sete das 20 cidades pesquisadas tiveram variação negativa, enquanto em 11 cidades o aumento é menor que a inflação esperada para o mês de abril.

Apenas Curitiba e Vitória, com altas de 0,84% e 0,80%, respectivamente, tiveram aumento de preços que superou a inflação medida pelo IPCA esperada para o mesmo mês, segundo Boletim Focus do Banco Central do Brasil. O IPCA esperado para abril é de 0,53% ante março.

Na média, o preço do metro quadrado brasileiro chegou a R$ 7,619 mil. O valor mais elevado foi registrado no Rio de Janeiro, com R$ 10,340 mil, e o mais baixo correspondeu a Contagem, com R$ 3,544 mil.

Segundo a pesquisa, o Índice FipeZap teve avanço de 0,21% nos últimos doze meses, atingindo em abril a menor variação registrada na série. Tendo em vista que a inflação esperada para o período é de 9,19%, o preço médio anunciado do metro quadrado apresentou queda real de 8,23%.

A Fipe enfatizou que todas as cidades brasileiras que compõem o Índice FipeZap registraram variação inferior à inflação esperada nos últimos 12 meses, sendo que em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Niterói e Distrito Federal, houve queda nominal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.