Marcos Santos/USP Imagens
Marcos Santos/USP Imagens

Poupatempo recebe 26 mil candidatos para 87 vagas

A relação é de 298 candidatos por vaga, um recorde desde que o serviço foi criado, há 18 anos

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

28 de abril de 2016 | 10h17

SOROCABA - Mais de 26 mil profissionais enviaram currículos para preencher as 87 vagas abertas pelo programa Poupatempo do governo paulista na nova unidade instalada em Mauá, na Grande São Paulo. A relação é de 298 candidatos por vaga, um recorde desde que o serviço foi criado, há 18 anos. A título de comparação, o curso de medicina da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto, o mais disputado da Fuvest 2016, teve 72 candidatos por vaga, ou seja, quatro vezes menos.

Os salários variam de R$ 1,2 mil mensais para atendente a R$ 3 mil para funções na área administrativa, na qual havia dez vagas. De acordo com a assessoria do Poupatempo, além da evidente retração no mercado do trabalho, há um interesse sobretudo dos jovens em trabalhar nessas unidades de atendimento à população. 

"Muitos profissionais jovens estão em busca de um ambiente de trabalho útil e de boa convivência", explica a superintendente de operações Tânia Virgínia Andrade. 

A exigência básica era de segundo grau completo, mais de 18 anos e experiência em atendimento ao público. Muitos candidatos, no entanto, tinham curso superior completo. Após uma pré-seleção a partir dos currículos, foram entrevistados 800 candidatos na fase final. Os contratados já passaram por treinamento. A unidade será aberta ao público nesta sexta-feira (29), em regime de pré-operação. A inauguração oficial ainda será definida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.