JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Heineken estende capacitação cervejeira para público LGBT da periferia

Curso em parceria com Instituto da Cerveja Brasil e Graja Beer segue destinado a moradores da periferia; formados estarão aptos para atuar como vendedores, promotores, garçons e chopeiros

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2021 | 15h00

Com foco em profissionalização e inclusão no mercado de trabalho, a parceria entre Grupo Heineken, Instituto da Cerveja Brasil e Graja Beer está com inscrições abertas para duas novas turmas de capacitação cervejeira destinada a moradores de periferias em São Paulo. A novidade este ano é que uma delas será exclusivamente para pessoas LGBT+, que terá o apoio da Coletiva Travas da Sul.

A iniciaitiva foi criada no ano passado para democratizar o conhecimento cervejeiro no Brasil e gerar oportunidade de emprego no segmento. Cada turma será formada por 30 aprendizes, sendo que o grupo focado em diversidade é para pessoas do Grajaú e região, enquanto o outro será voltado a Campos do Jordão. Para ambos, as aulas começam em 20 de novembro. Veja as informações sobre inscrição no fim do texto.

Gratuito, o curso é online e tem duração de 20 horas, distribuídas ao longo de oito dias, mas a última aula será presencial, na sede do Instituto da Cerveja, no bairro de Moema. Os participantes vão aprender mais sobre cervejas, matéria-prima, análise sensorial, cadeia e mercado cervejeiro, além de formação em serviços do setor para atuar em bares e restaurantes.

Depois da capacitação, há uma avaliação e os formados recebem um certificado de que estão aptos para atuar como vendedores, promotores, garçons e chopeiros, por exemplo. "A gente acredita que o curso é o primeiro passo para auxiliar os alunos a encontrarem seu caminho dentro do mercado cervejeiro. Ele tem como foco oferecer um diferencial para que esses profissionais cheguem mais preparados para a rotina de estabelecimento cervejeiro", diz Estácio Rodrigues, sócio do Instituto da Cerveja, em comunicado.

Beatriz Ruiz, líder de conhecimento cervejeiro no Grupo Heineken, destaca que um dos objetivos do projeto é ampliar a representatividade nesse mercado. "A discussão sobre questões de gênero e raça já vem acontecendo, agora é fundamental que a gente inclua o público LGBTQIA+ nessa conversa, especialmente as pessoas que estão em situações de vulnerabilidade", completa.

O projeto de capacitação cervejeira já promoveu três edições e visa formar, ao todo, 30 turmas até 2023 em diferentes Estados do País. Além de São Paulo, a iniciativa ainda deve passar por comunidades no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Fortaleza. Para acompanhar as próximas turmas e ter mais informações, acompanhe as redes sociais do Instituto da Cervaj Brasil (clique aqui).

Serviço

Programa de Capacitação Cervejeira

Data: a partir de 20/11

Turmas em: Grajaú e região (exclusiva para pessoas LGBT+) e Campos do Jordão

Inscrições: pelo email info@institutodacerveja.com.br ou no Instagram @institutodacerveja

Pré-requisitos: ser maior de 18 anos, ser alfabetizado e se interessar pelo universo da cerveja

Tudo o que sabemos sobre:
Sua CarreiracervejaHeinekentrabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.