Anushree Fadnavis/Reuters - 26/2/2020
Anushree Fadnavis/Reuters - 26/2/2020

Microsoft lança plataforma para integrar trabalho e desenvolver carreira

Na Microsoft Viva, que ficará dentro do Teams, profissionais poderão ter acesso a áreas para gestão de bem-estar, engajamento e cultura corporativa, além de aprendizado contínuo

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2021 | 11h00

Após dominar o universo estudantil nas aulas online e o mercado de trabalho no home office por meio da plataforma Teams, a Microsoft lança um braço corporativo para integrar áreas e ajudar os profissionais a organizarem sua carreira e sua rotina, além de navegar num só lugar, com menos telas e menos aplicativos abertos.

Com lançamento global nesta quinta-feira, 4, a plataforma Microsoft Viva será hospedada dentro do Teams e vai combinar quatro áreas-chave para a experiência do funcionário e o desenvolvimento da carreira: engajamento, bem-estar, aprendizado e troca de conhecimento.

Para acessar a Viva, a empresa deve ter acesso ao Teams, que não é gratuito. Em abril do ano passado, no começo do isolamento social por conta do coronavírus, o Teams registrou mais de 200 milhões de pessoas em reuniões em um único dia no mundo inteiro. Até o fim do ano, a média era de 115 milhões de usuários por dia na plataforma.

Dentro da Viva, empresas podem oferecer ferramentas para desenvolvimento profissional, desenvolvimento de cultura corporativa e aprendizado contínuo (lifelong learning), de olho em suprir as necessidades diárias de um profissional em sua jornada de trabalho. Na área de bem-estar, por exemplo, a plataforma pode avisar sobre o risco de o profissional sofrer burnout (esgotamento pelo trabalho) de acordo com dados que ele mesmo vai incluir no sistema.

Os quatro ambientes da plataforma são:

  1. Viva Connections. Focado no desenvolvimento do engajamento e da cultura corporativa, é um ambiente voltado para comunicações internas, lista de benefícios e políticas da empresa.
  2. Viva Insights. Focado no bem-estar e no desenvolvimento pessoal, possui área para controle de horas e comunicação com colegas, visível apenas para o funcionário. O ambiente pode ser customizado para líderes terem feedback e entenderem os principais gargalos e reclamações. Possibilita integração com plataformas como Zoom.
  3. Viva Learning. Focado no aprendizado contínuo, inclui conteúdo de Microsoft Learn, LinkedIn Learning, além de parceiros como Coursera.
  4. Viva Topics. Focado no conhecimento dos profissionais e na troca entre eles, ajuda funcionários a achar os experts dentro da sua própria corporação. Também consegue integrar conteúdo e expertise de parceiros, como Salesforce.

De acordo com o anúncio da Microsoft, num mercado fragmentado em que muitas plataformas são usadas para o trabalho, a integração dos sistemas e dos afazeres ajuda a organizar a rotina longe do escritório. Além disso, ajuda também a reduzir o tempo de tela e o chamado zoom fatigue (cansaço de tela).

“Funcionários estão trabalhando longas horas, sentindo-se frequentemente desconectados de seus colegas. Algumas vezes eu também não sei se estou trabalhando de casa ou dormindo no trabalho”, diz o CEO global da Microsoft, Satya Nadella, em vídeo de divulgação do lançamento.

“Sabemos que o bem-estar do funcionário pode ser um indicador da saúde geral da organização. As empresas podem responder a isso dando às pessoas ferramentas para reconstruir o capital social focados em estarem saudáveis”, completa o executivo.

Quer receber notícias e debater assuntos sobre Carreiras e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digitando @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.