Jair Magri
Jair Magri

Pesquisa indica as 38 melhores empresas para profissionais LGBT+ trabalharem no Brasil

Primeira edição do estudo avalia práticas de inclusão nas empresas; confira o ranking

Jessica Brasil Skroch, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2022 | 17h03

Uma pesquisa divulgada na quinta-feira, 9, selecionou as 38 melhores empresas para pessoas LGBT+ trabalharem no Brasil. Em sua primeira edição, o estudo “Melhores Lugares para Trabalhar para Pessoas LGBTI+ 2022” foi realizado pelo Instituto Mais Diversidade em parceria com o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e a Human Rights Campaign Foundation (HRC), que realiza, nos Estados Unidos, o Índice de Igualdade Empresarial desde 2002.

O estudo fez uma análise abrangente sobre a adoção de políticas inclusivas relacionadas a pessoas LGBT+ em empresas de diversos tamanhos e setores. Na metodologia, os critérios foram baseados na experiência de implantação do Índice de Igualdade Empresarial do HRC, considerado uma referência dos requisitos que uma empresa deve cumprir para ser considerada inclusiva em relação à população LGBT+ nos Estados Unidos. 

Para avaliar as práticas, foram considerados cinco pilares fundamentais: Políticas e documentos institucionais de não-discriminação; Governança em Diversidade e Inclusão; Educação para a diversidade LGBT+; Compromissos Públicos e Monitoramento da inclusão LGBT+. 

Mais de 100 organizações nacionais e multinacionais atuantes no Brasil aderiram ao estudo, mas 60 completaram o questionário. Dessas, 38 receberam a nota máxima de 100 pontos e 22 obtiveram notas entre 0 e 90 pontos.

Segundo Ricardo Sales, CEO do Instituto Mais Diversidade, a pesquisa mostra que as questões de diversidade e inclusão têm se firmado nas agendas do meio empresarial brasileiro, mas que ainda há muito a ser feito. 

“Temos o desafio de fazer o tema avançar em organizações de pequeno e médio porte, além de empresas fora do Sudeste. Para avançar, é preciso comprometimento das lideranças, visão estratégica para o tema e definição de metas e objetivos claros para esta pauta”, disse Sales. 

O CEO também destaca que os avanços não chegam para todas as pessoas nem na velocidade necessária. “Precisamos avançar na inclusão de pessoas trans e de pessoas LGBT negras”, ressalta. 

Confira abaixo as 38 empresas que obtiveram a pontuação máxima no Índice de Melhores Lugares para Pessoas LGBTI+ Trabalharem:

  • 3M do Brasil
  • Accenture do Brasil
  • Adidas do Brasil
  • Alcoa
  • Atento Brasil
  • Bain & Company
  • BASF 
  • Becton Dickinson
  • C6 Bank
  • Carrefour Comercio e Industria 
  • Chubb
  • CI&T
  • Corteva Agriscience do Brasil
  • Cummins
  • Demarest Advogados
  • Flex
  • GE do Brasil
  • Gerdau
  • J.P. Morgan
  • Kearney
  • Lexmark International do Brasil
  • Localiza
  • Mondelez
  • NielsenIQ
  • Novo Nordisk Produção Farmacêutica do Brasil 
  • Oracle do Brasil Sistemas
  • Philip Morris Brasil
  • Pricewaterhousecoopers Auditores Independentes
  • Renaissance São Paulo Hotel
  • SAP
  • Symrise Aromas e Fragrâncias 
  • TE Connectivity Brasil
  • Thomson Reuters
  • TozziniFreire Advogados
  • Trench Rossi Watanabe
  • Veirano Advogados
  • Via
  • Yara Brasil Fertilizantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.