Divulgação/Sou Genious
Divulgação/Sou Genious

Planejamento e foco ajudam a conquistar a aprovação

Coach que trabalha na preparação de candidatos para enfrentar concursos dá dicas a respeito do que fazer antes e durante o exame

Márcia Rodrigues, Especial para o Estado

28 de março de 2015 | 16h00

 O coaching Felipe Lima, especialista na preparação de candidatos para concurso público, acredita que o planejamento de estudos é fundamental para o candidato se sair bem em uma prova para disputar um cargo público. Ele também dá orientações a respeito de técnicas de aprendizado, mas antes de tudo, ele reforça a importância de ler atentamente o edital do concurso. Acompanhe suas dicas a seguir.

Qual é a primeira atitude que o candidato deve ter ao resolver ingressar na carreira pública?

Ele deve decidir em qual cargo deseja ingressar e focar toda a sua maratona de estudo no concurso específico. Para isso, é fundamental ler atentamente o edital. Pode parecer besteira, mas muitos candidatos não leem o edital e acreditam que já basta o que os professores dos cursinhos preparatórios falam ou o que comento o amigo que leu o texto.

Quais técnicas de aprendizagem o senhor indica?

Leitura dinâmica, memorização e mapas mentais. As três são ensinadas em cursinhos preparatórios. A primeira consiste em aumentar a compreensão, a concentração e a velocidade de leitura do concurseiro. Uma sugestão que dou é estudar ouvindo música clássica ou erudita para estimula a concentração. Assim, se o candidato ouvir qualquer barulho durante a prova, não perderá o foco. A dica de memorização é associar os assuntos que o candidato deseja gravar com algo que o remeta ao nojo, humor ou vulgaridade. Sempre pense no assunto imaginando uma cena com alguns desses aspectos. Para criar um mapa mental, o candidato deve incluir imagens, cores e letras grandes em suas anotações. Esses artifícios estimulam mais o cérebro. Também é importante que ele utilize a abreviação das palavras o máximo que puder e faça suas anotações em círculo, como se fosse o aro de uma bicicleta. A disposição das anotações facilita a absorção do, pelo cérebro, de tudo que está escrito. 

Como não perder o foco durante a maratona de estudos?

O candidato deve criar mecanismos para se manter motivado e disciplinado. Uma alternativa é criar o “cartaz dos sonhos”. Trata-se de um papel – pode ser uma folha sulfite –, no qual ele coloca o que mais deseja conquistar, pode ser uma casa, carro, viagem os sonhos etc. Depois de criado este cartaz, o candidato deve fazer o calendário do sucesso. Divida uma folha de sulfite em 31 quadrados. Cada um corresponde a um dia do mês. Em cada um deles, estabeleça tarefas que precisa desempenhar ao longo do mês. Se a tarefa for importante, pode ser colocada mais de uma vez. Elas podem variar de um mês para o outro, mas precisam ser seguidas à risca. Leia tanto o cartaz quanto o calendário diariamente.

Qual o papel da família na vida do concurseiro?

Poucas famílias estimulam os candidatos a estudar para o concurso. A maioria fala que a prova é muito disputada e que ele nunca vai conseguir. Nessas horas, o candidato deve focar nos seus objetivos para obter seus resultados. Não há nada mais gostoso do que provar para todos que estavam errados e que você é capaz.

Existe alguma ferramenta especial para obter um bom resultado na prova?

Sim. Todos os dias, imagine que seja o dia do concurso. Levante da cama imaginando que está se preparando para ir para o local da prova. Quando for responder as questões durante os estudos, imagine-se fazendo isso no dia da prova. Com isso, no “dia D”, o candidato já terá a vivência mental da prova, ou seja, terá passado por todas as sensações que a experiência pode lhe proporcionar.

Que dicas o senhor dá para se fazer no dia da prova?

O candidato deve levantar mais cedo e fazer uma caminhada de uns 20 minutos antes mesmo de tomar o café da manhã. Isso com certeza dará a ele um maior poder de concentração e aliviará o estresse. Depois, ele deve tomar um banho, o café da manhã e seguir para a prova. Ainda vale lembrar que ele precisa se programar para não chegar ao local atrasado.

Tudo o que sabemos sobre:
Carreira públicaconcurso público

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.