Quase 90% dos profissionais de gerência estão nas redes sociais, diz estudo

De acordo com levantamento da Hays, o LinkedIn é a principal rede social entre os entrevistados, com 65% da preferência

Agência Estado,

21 de outubro de 2011 | 18h05

Sondagem feita com analistas, coordenadores, gerentes e diretores de empresas em São Paulo e no Rio de Janeiro mostra que 87% deles possuem ao menos uma conta ativa nas mídias sociais.

A pesquisa foi realizada pela Hays, empresa especializada em recrutar profissionais para média e alta gerência e ouviu 350 profissionais. De acordo com o levantamento, o LinkedIn é a principal rede social entre os entrevistados, com 65% da preferência. Em segundo lugar aparece o Orkut (52,5%), seguido por Facebook (47,5%) e Twitter (26,5%).

Cerca de dois terços, ou 60%, dos pesquisados recorrem às redes sociais identificar boas oportunidades profissionais. E 40% já se inscreveram em alguma vaga divulgada por esses canais. "Esse resultado aponta que a busca para fins profissionais nas mídias sociais é cada vez mais utilizada, tanto pelas empresas, quanto pelos candidatos, no momento do recrutamento e seleção", afirma a Hays, em nota.

Pesquisa Ibope/Nielsen divulgada em setembro informou que o Brasil já tem 77,8 milhões de pessoas conectadas à internet.

Tudo o que sabemos sobre:
ESTUDOREDES SOCIAISPROFISSIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.