Empreendimento no interior de São Paulo terá 146 casas construídas na ‘fábrica’

Empreendimento no interior de São Paulo terá 146 casas construídas na ‘fábrica’

Gabriel Baldocchi

07 de maio de 2021 | 05h15

Condomínio de casas feitas em fábrica, em Paulínia (SP). Foto: Divulgação

Mais comum nos Estados Unidos e em países da Europa, o método industrial na construção civil começa a chegar a projetos maiores. A construtora HM Engenharia está construindo 146 casas por esse modelo num empreendimento em Paulínia (SP).

As unidades são feitas com base em madeira e saem praticamente prontas da fábrica, com estrutura hidráulica e elétrica, para montagem no canteiro de obras. A linha de produção fica no Paraná, da parceira Tecverde, um dos principais nomes do segmento. Em breve, a Tenda, uma das maiores construtoras de habitação popular do País, terá sua própria fábrica e será sua concorrente.

Com o método off-site (fora do canteiro), a obra é até 20% mais rápida e pode ter ainda redução de 85% nos resíduos. Segundo a HM, a intenção é ampliar o uso dessa técnica em mais projetos. Trata-se também de uma alternativa para driblar a pressão de custos e falta de materiais mais usados nos métodos tradicionais de construção nesse momento.

O projeto de Paulínia tem previsão para ser concluído em 2022. Um dos condomínios está com obras iniciadas e já teve 46 unidades vendidas. As casas têm 85 metros quadrados e valor médio de R$ 406 mil.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 06/05, às 19h13.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

imóveisHM Engenhariafabricação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.