DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

Convocação à greve geral de sexta-feira chega aos trending topics do Twitter

#SextaTemGreve tem sido impulsionada por parlamentares de oposição ao governo de Jair Bolsonaro

Gregory Prudenciano, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2019 | 15h47

Um 'tuitaço' em apoio à greve geral marcada por sindicatos, partidos e entidades estudantis para a sexta-feira (14), fez a #SextaTemGreve ascender à lista dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil no começo da tarde desta quarta-feira, 12. 

A hashtag tem sido impulsionada por parlamentares de oposição ao governo de Jair Bolsonaro, especialmente dos PT, PDT e PSOL, além dos perfis da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Às 14h50 desta quarta-feira, a #SextaTemGreve era a quinta colocada na lista das dez expressões mais postadas. Segundo a ferramenta Google Trends, a pesquisa por "greve geral" atingiu o pico do último ano às 13h de hoje.

Em São Paulo, sindicatos de ferroviários, metroviários e motoristas de ônibus já confirmaram que vão aderir à paralisação, apesar do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) terem conseguido liminares na Justiça contra a greve. "A gente contesta isso na Justiça depois. A greve está mantida", disse um funcionário do Sindicato dos Ferroviários. 

Tudo o que sabemos sobre:
grevereforma previdenciária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.