Estados Unidos afirmam que acordo comercial com o México está muito próximo

Estados Unidos afirmam que acordo comercial com o México está muito próximo

Diretor do Conselho de Assuntos Econômicos da Casa Branca, Kevin Hassett, afirmou que há pontos difíceis, mas houve progresso nas negociações

Nicholas Shores, O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2018 | 17h52

O diretor do Conselho de Assuntos Econômicos da Casa Branca, Kevin Hassett, afirmou que os Estados Unidos estão "muito, muito próximos" de um acordo com o México no âmbito da renegociação do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta, na sigla em inglês). "Há alguns pontos difíceis, mas houve muito progresso", acrescentou o economista em entrevista à emissora Fox Business.

Hassett também comentou que as tratativas por um acordo comercial com a União Europeia estão "andando para frente". "(O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude) Juncker veio e ele e o presidente (Donald Trump) conversaram 'olho no olho' e colocaram muitas coisas na mesa. Essas conversas são contínuas."

Ele classificou a retomada do diálogo dos EUA com a China em reuniões de médio escalão em Washington na semana que vem como "um sinal positivo". "A China tem muitas reformas a fazer e queremos conversar como eles sobre como fazê-las. E acreditamos que, se eles fizerem reformas, será bom para nós", apontou, em referência à exigência de Washington de que Pequim encerre práticas apontadas por autoridades americanas como transferência de tecnologia e roubo de propriedade intelectual.

Na entrevista, Hassett disse ainda que, quando concluídos, os acordos comerciais com a União Europeia e o México devem se tornar "o modelo" para entendimentos com outros parceiros comerciais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.