Marcopolo/ Reprodução
Marcopolo/ Reprodução

Itapemirim suspende rotas rodoviárias

Há duas semanas, grupo também cancelou “temporariamente” todos os voos

Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2021 | 19h06

Após cancelar “temporariamente” suas operações aéreas no último dia 17, às vésperas das festas de fim de ano, o grupo Itapemirim decidiu suspender também linhas rodoviárias realizadas pelas viações Caiçara e Itapemirim. Ao menos 28 rotas serão canceladas e 34 paralisadas, de acordo com portaria publicada nesta quinta-feira, 30, no Diário Oficial da União.

Segundo o documento, as suspensões passam a valer a partir de 27 de janeiro. Em nota, o grupo afirmou que a mudança faz parte de um plano de reestruturação logístico e operacional criado para “reduzir custos e maximizar os resultados financeiros em suas rotas de longa distância”. Diz ainda que mantém cobertura em “mais de 2.700 destinos no Brasil”.

Em recuperação judicial desde 2016, o grupo Itapemirim tem uma dívida de ao menos R$ 2,2 bilhões e parte de seus credores afirma que não está sendo pago. Em entrevista concedida ao Estadão na semana passada, o presidente da empresa, Sidnei Piva, afirmou, no entanto, estar “em dia” com o plano de recuperação.

Os consumidores que já tinham passagem comprada para viajar nas linhas que foram canceladas deverão ser ressarcidos em até 30 dias. Já a companhia aérea do grupo assinou, na última terça-feira, um termo de compromisso com o Procon de São Paulo para reembolsar integralmente os clientes que registrarem reclamação no site do órgão por conta dos cancelamentos de voos.

Ainda em entrevista ao Estadão, Piva afirmou que a empresa aérea do grupo tem recursos para devolver aos consumidores o dinheiro das passagens. De acordo com a companhia, nos dois primeiros dias após a suspensão dos voos,  R$ 7,8 milhões em pedidos de reembolso foram processados.

Confira as rotas que foram canceladas ou paralisadas:

Viação Itapemirim

Areia (PB)  - Recife (PE)

Belo Horizonte (MG) - Recife (PE)

Brasília (DF) - Maceió (AL)

Cachoeira do Itapemirim (ES) - Campos dos Goytacazes (RJ)

Caldas Novas (GO) - Maceió (AL)

Feira De Santana (BA) - Fortaleza (CE)

Recife (PE) - Barra do Garças (MT)

Recife (PE) - Curitiba (PR)

Recife (PE) - Foz do Iguaçu (PR)

Recife (PE) - Rio de Janeiro (RJ)

Recife (PE) - São Paulo (SP)

Rio de Janeiro (RJ) - Teresina (Pi)

Salvador (BA) - Sobral (CE)

São Paulo (SP) - João Pessoa (PB)

São Paulo (SP) - Santa Cruz do Capibaribe (PE)

Teresina (PI) - Belém (PA)

Areia (PB) - Recife (PE) e Goiana (PE)

Guarabira (PB) - Goiana (PE)

Itaobim (MG) e Jequié (BA) - Maceió (AL) e Recife (PE)

Cachoeiro do Itapemirim (ES), Itapemirim (ES), Atílio Vivácqua (ES) e Mimoso do Sul (ES) - Campos dos Goytacazes (RJ)

Caldas Novas (GO) - Maceió (AL) e Aracaju (SE)

Feira de Santana (BA) - Cabrobó (PE), Salgueiro (PE), Icó (CE), Jaguaribe (CE) e Russas (CE)

Capim Grosso (Ba) - Icó (CE), Jaguaribe (CE), Russas (CE) e Fortaleza (CE)

Petrolina (PE) - Icó (CE) e Russas (CE)

Cabrobo (PE) - Icó (CE), Russas (CE) e Fortaleza (CE)

Recife (PE), Maceió (AL), Propriá (SE), Aracaju (SE), Estância (SE) e Alagoinhas (BA) - Barra do Garças (MT)

Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Itabuna (BA), Eunápolis (BA), Teixeira de Freitas (BA) e São Mateus (ES) - Curitiba (PR)

Recife (PE) - Foz do Iguaçu (PR), Eunápolis (BA) e Curitiba (PR)

Aracaju (SE), Itabuna (BA), Eunápolis (BA) e Teixeira de Freitas (BA) - Curitiba (PR) e Foz do Iguaçu (PR)

São Mateus (ES) e Linhares (ES) - Curitiba (PR), Guarapuava (PR), Cascavel (PR) e Foz do Iguaçu (PR)

Vitória (ES) e Campos dos Goytacazes (RJ) - Guarapuava (PR), Cascavel (PR) e Foz do Iguaçu (PR)

Recife (PE) - Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP)

Salvador (BA) - Sobral (CE)

São Paulo (SP) - Santa Cruz do Capibaribe (PE)

Viação Caiçara

Alegre (ES) - Rio de Janeiro (RJ)

Alegre (Es) - São Paulo (SP)

Cachoeiro do Itapemirim (ES) - Campos dos Goytacazes (RJ)

Guaçui (ES) - Rio de Janeiro (RJ)

Juiz de Fora (MG) - Brasília (DF)

Jundiaí (SP) - Curitiba (PR)

Muqui (ES) - Campos dos Goytacazes (RJ)

Rio De Janeiro(RJ) - Anápolis (GO)

Rio De Janeiro (RJ) - Feira de Santana (BA)

São João da Barra (RJ) - Belo Horizonte (MG)

São José dos Campos (SP) - Itaobim (MG)

São Paulo (SP) - Muriaé (MG)

Alegre (ES) - Itaperuna (RJ), Volta Redonda (RJ), Taubaté (SP)e São José dos Campos (SP)

Guaçui (ES) - Aparecida (SP) e São Paulo (SP)

Itaperuna (RJ) - Aparecida (SP) e São José Dos Campos (SP)

Sapucainha (MG) - São Paulo (SP)

Muriaé (MG) - São José Dos Campos (SP)

Atílio Vivácqua (ES) - Campos dos Goytacazes (RJ)

Santos Dumont (MG) e Conselheiro Lafaiete (MG) - Brasília (DF)

Jundiaí (SP) - Curitiba (PR)

Rio de Janeiro (RJ) - Anápolis (GO) e Cristalina (GO)

Petrópolis (RJ) - João Pinheiro (MG), Paracatu (MG), Cristalina (GO), Luziânia (GO), Valparaíso de Goiás (GO) e Anápolis (GO)

Juiz de Fora (MG) e Barbacena (MG) - Cristalina (GO), Luziânia (GO), Valparaíso de Goiás (GO) e Anápolis (GO)

Três Marias (MG), João Pinheiro (MG) e Paracatu (MG) - Anápolis (GO)

Rio de Janeiro (RJ) - Milagres (BA) e Santo Estevão (BA)

Leopoldina (MG), Caratinga (MG), Governador Valadares (MG), Teófilo Otoni (MG) e Medina (MG) - Santo Estevão (BA) e Feira de Santana (BA)

São João da Barra (Rj) - Belo Horizonte (MG), Muriaé (MG), Barbacena (MG) e Conselheiro Lafaiete (MG)

São José dos Campos (SP) e Barra Mansa (RJ) - Itaobim (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.