Leitor Reginaldo Rodrigues
Leitor Reginaldo Rodrigues

Leitores do Estadão participam com relatos do impacto da greve dos caminhoneiros no País

Mensagens vão de falta de combustível até protestos em rodovias; mande seu relato para o Whatsapp (11) 99439-3766

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

26 Maio 2018 | 14h30

SÃO PAULO - Leitores do Estadão têm participado da cobertura com o envio de fotos e vídeos de diversas cidades do País para o Whatsapp (11) 99439-3766. Os relatos mostram a agravante situação enfrentada por comerciantes e consumidores em razão da greve dos caminhoneiros.

+++ AO VIVO: Acompanhe a cobertura em tempo real da greve dos caminhoneiros

A leitora Amanda Rabelo Pacheco relata que tem uma revendedora de gás de cozinha em Perus, na zona norte da capital paulista, e está sem abastecimento desde segunda-feira, 21. "Nossos clientes estão desesperados. Quase arrombaram o estabelecimento achando que tínhamos gás estocado. Não temos previsão de retorno das atividades", destacou. 

+++ Saiba como será o funcionamento de serviços essenciais na capital paulista neste fim de semana

Reginaldo Rodrigues é morador de Cornélio Procópio, no Paraná. Ele enviou uma imagem que retrata a greve de vans escolares na cidade.

Leitores também informaram que há protesto de caminhoneiros em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, na divisa com o Paragrai.

Longas filas em posto que ainda possuem combustível também foram observadas pelos leitores. Em Piracicaba, no interior de São Paulo, motoristas se aglomeravam em frente a um estabelecimento. Confira vídeo abaixo.

+++ Saiba como será o funcionamento de serviços essenciais na capital paulista neste fim de semana

O mesmo ocorreu na cidade Madre de Deus, na Bahia, segundo informou o leitor Dimas Yuri.

Participe também. Envie um relato com uma foto ou vídeo para o Whatsapp (11) 99439-3766. Lembre-se de colocar o seu nome e a sua cidade. 

Mais conteúdo sobre:
greve caminhoneiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.