BTG Pactual/ Divulgação
BTG Pactual/ Divulgação

BTG, via Pan, negocia compra da dona do Buscapé

Aquisição será via troca de ações; Mosaico vale hoje R$ 1,6 bilhão na B3 e acumula queda de 40% desde IPO

Fernanda Guimarães, São Paulo

03 de outubro de 2021 | 18h56

O BTG Pactual, por meio do banco Pan, está negociando a compra da Mosaico, dona dos sites Buscapé e Bondfaro, apurou o Estadão. As negociações estariam em estágio avançado, e a transação pode ser anunciada já nos próximos dias, disse uma fonte que acompanha a operação. A intenção é fazer a aquisição via troca de ações, o que significa que os acionistas da Mosaico – que abriu seu capital na Bolsa brasileira em fevereiro passado – vão se tornar acionistas do Pan.

A negociação ocorre no momento em que o mercado tem cobrado maior retorno das empresas de tecnologia que abriram seu capital recentemente. Essa pressão tem levado à queda de cotações de vários papéis. No caso da Mosaico, as ações já caíram 41% desde a sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A Mosaico vale hoje R$ 1,6 bilhão na Bolsa, ante R$ 2,5  bilhões na data de abertura.

Além do serviço de comparador de preço, a Mosaico disponibiliza conteúdo que pretende ajudar o consumidor a fazer a escolha de determinado produto. Para completar esse ecossistema, por exemplo, a plataforma lançou um cartão de crédito.

A relação entre BTG e Mosaico não é de hoje – já existe uma parceria pela qual o Mosaico pode oferecer cashback por meio de carteira virtual e contas de pagamento operadas pelo BTG. O BTG possui também participação acionária de pouco mais de 5% na companhia.

Neste ano, o BTG, que está muito capitalizado, comprou a fatia da Caixa no banco Pan por R$ 3,7 bilhões. Ao assumir o controle da instituição financeira, um dos objetivos estratégicos era atuar com mais força na área digital, especialmente no varejo mais popular. Nesse quesito, a aquisição da Mosaico tem muita sinergia.

No mês passado, o Pan informou ao mercado que estava em tratativa para comprar o site de classificados online Mobiauto, plataforma criada em 2019, que tem 4,6 milhões de acessos por mês.

No segundo trimestre, o Pan informou que pretende expandir sua base em 25% e chegar aos 12,4 milhões de clientes. Uma das explicações foi uma parceria fechada com a empresa de cashback Meliuz, para o lançamento de um cartão de crédito com cashback.

Procurados, Pan e Mosaico não comentaram as informações de mercado.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Mosaico TecnologiaBTG Pactual

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.