Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Edgar Su/Reuters
Edgar Su/Reuters

Gestora de Eduardo Saverin, brasileiro mais rico do mundo, contrata veterana do Goldman Sachs

O bilionário, que ultrapassou a fortuna de Jorge Paulo Lemann, diz que a contratação de Sheila Patel ajudará a sua empresa de investimentos a crescer com foco na digitalização de grandes empresas tradicionais

Altamiro Silva Junior, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2021 | 18h30

A B Capital Group, gestora criada pelo bilionário Eduardo Saverin, cofundador do Facebook e considerado o brasileiro mais rico do mundo, anunciou hoje a contratação da veterana do Goldman Sachs, Sheila Patel, para o cargo de vice-presidente. A contração ocorre em um momento de crescimento global da empresa de investimentos, que busca elevar sua presença na China, enquanto ainda não investiu no Brasil.

Neste ano, Eduardo Saverin ultrapassou Jorge Paulo Lemann e se tornou o brasileiro mais rico do mundo, de acordo com o tradicional ranking da revista Forbes. A fortuna do cofundador do Facebook é estimada em US$ 19,5 bilhões, boa parte destes recursos por conta de sua participação acionária na rede social.

Saverin anunciou a contração de Patel em uma postagem no LinkedIn, onde tem mais de 1,6 milhão de seguidores. "Ela vem com uma experiência de mais de 30 anos no mercado financeiro e em investimentos", escreveu o brasileiro, que atualmente mora em Cingapura. Só no Goldman, Sheila Patel ficou mais de 20 anos e foi a chairman da gestora de recursos do banco americano. A executiva, comenta Saverin, será essencial para ajudar a B Capital crescer, com foco em investimentos internacionais na digitalização de grandes empresas tradicionais e na associação a empreendedores e companhias novas transformadoras.

A B Capital tem mais de US$ 3,5 bilhões em ativos sob gestão, a grande maioria investida em empresas dos Estados Unidos e na Ásia. A gestora investe atualmente em 60 empresas, das quais só três estão na Europa. O restante está principalmente na Índia, China e EUA.

Fundada em 2015, a gestora tem escritório em Los Angeles, Nova York e San Francisco. Fora dos Estados Unidos, tem unidades na Pequim, Cingapura e Hong Kong.

Além de Saverin, também participou da criação da B Capital o economista e investidor Raj Ganguly, que conheceu o brasileiro durante os anos de faculdade em Harvard. Em seguida se juntou ao time um dos empreendedores mais conhecidos de Wall Street, Howard Lee Morgan, que em 2004 fundou a First Round Capital. A gestora é conhecida por investir em dezenas de empresas iniciantes - e que depois viram gigantes - entre elas a então desconhecida rede social LinkedIn.

Saverin nasceu em São Paulo em 1982 e em 2012 renunciou à cidadania americana, em um episódio que ganhou repercussão internacional, vista como uma estratégia para evitar pagar impostos - o que ele nega. O movimento ocorreu pouco antes de o Facebook abrir o capital na Nasdaq, em operação que captou US$ 16 bilhões e avaliou a rede social em mais de US$ 100 bilhões na época.

Só neste ano, a ação do Facebook subiu 28% e era negociada em US$ 348,80 na tarde de desta quinta-feira, 22, bem acima dos US$ 38 da precificação no IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) em 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.