AFP PHOTO / Nicholas Kamm
AFP PHOTO / Nicholas Kamm

UE vai impor tarifas a US$ 3,2 bi de produtos importados dos Estados Unidos

Bloco vai começar a cobrar tarifas de importação de 25% sobre uma série de produtos em resposta às tarifas anunciadas pelo governo norte-americano ao aço e alumínio

Sergio Caldas, O Estado de S.Paulo

20 Junho 2018 | 08h39

A União Europeia vai começar a impor tarifas sobre 2,8 bilhões de euros (US$ 3,2 bilhões) em produtos importados dos Estados Unidos a partir de sexta-feira, 22, segundo anúncio da Comissão Europeia, braço executivo da UE. O bloco vai começar a cobrar tarifas de 25% sobre uma série de produtos, como produtos agrícolas e outros bens.

+ Bolsas globais caem com guerra comercial

+ Disputa entre EUA e China só atrapalha agronegócio no Brasil, diz Blairo

As chamadas "medidas de reequilíbrio" são em resposta à decisão dos EUA de adotar tarifas sobre importações de alumínio e de aço da UE, de 25% e 10%, respectivamente, desde o último dia 1º.

+ Canadá se prepara para tarifas de Trump sobre importações de veículos

"As regras do comércio internacional, que elaboramos ao longo de anos lado a lado com parceiros americanos, não podem ser violadas sem reação de nossa parte. Nossa resposta é comedida, proporcional e totalmente em linha com as regras da OMC", disse em comunicado Cecilia Malmström, comissária de comércio da UE.

+ China admite que está em 'guerra comercial' e ameaça retaliar EUA

A UE poderá impor tarifas a mais US$ 3,6 bilhões em mercadorias dos EUA "num estágio mais adiante - em três anos ou depois de uma (eventual) avaliação favorável da disputa pela Organização Mundial do Comércio (OMC) se essa ocorrer antes".

Para defender as medidas anunciadas em junho, o presidente dos EUA, Donald Trump, alega que as tarifas têm o objetivo de proteger a indústria siderúrgica americana./COM INFORMAÇÕES REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.